sexta-feira, 30 de outubro de 2015


NÃO NOS ILUDAMOS
 
"Então lhe falou Pedro: Eis que nós tudo deixamos e te seguimos:
 que será, pois, de nós ?" - Mateus, cap. 19 - v. 27
  
Quando Pedro faz semelhante pergunta, Jesus tinha acabado de repreender os que,
de maneira excessiva, se apegam aos bens materiais:  "...é mais fácil passa um
camelo pelo fundo de uma agulha do que entrar um rico no Reino de Deus".
Qual, muitas vezes, acontece conosco, o Apóstolo quis saber o que estaria reservado
a ele e seus companheiros, que tudo haviam deixado por amor à causa do Evangelho.
Jesus, evidentemente, não o decepciona, confirmando que todos, de acordo com os
seus méritos, haveriam de ser recompensados pela Lei, que, se é de Amor, é também
de Justiça.
No entanto, para que ele e os demais amigos da primeira hora não ficassem se
vangloriando e, de certa forma, esmorecessem nos testemunhos a que ainda seriam
chamados, pontifica: "Porém muitos primeiros serão últimos; e os últimos, primeiros."Não nos iludamos, pois, imaginando que já estejamos fazendo mais que suficiente,
para, um dia, sermos admitidos no Reino de Deus.
A simples condição de homens de fé não nos habilita aos Páramos Celestiais.
Muitos, talvez, dos que consideramos, em relação a nós, em situação de precariedade
espiritual poderão se nos adiantar no caminho que trilhamos.
Quem traça limites ao próprio esforço de ascensão termina por estacionar na subida.
Seguir Jesus não significa ir somente até à metade do caminho em que ele nos 
procede e, com receio de sermos chamados à frente, para maior cota de renúncia
e sacrifício, dar por concluída a jornada.
 

 
(Obra: Saúde Mental À Luz do Evangelho - Carlos A.Baccelli/Inácio Ferreira)
 
 
******
 
Jesus, o Operário Infatigável, nunca tergiversou face ao auxílio que podia 
dispensar ao que O buscavam.
 
(Obra: Depoimentos Vivos - Divaldo P.Franco/João Cléofas)
 
 
******
 
AVE MARIA
Ave Maria cheia de graça, o Senhor é convosco, bendita sois vós entre as mulheres e bendito é o fruto do vosso ventre Jesus.
Santa Maria, Mãe de Jesus, rogai por nós, pecadores, agora e na hora de nossa morte. Amém.
 
******
 
PAI NOSSO
Pai nosso que estais no Céu, santificado seja o Vosso Nome, venha a nós o Vosso reino, seja feita a Vossa vontade, assim na terra como no Céu. O pão nosso de cada dia nos dai hoje; perdoai-nos as nossas ofensas, assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido, e não nos deixeis cair em tentação, mas livrai-nos do mal. Amém.
 
JESUS

quinta-feira, 29 de outubro de 2015


Esquecimento do Passado

392) Por que o Espírito encarnado perde a lembrança de seu passado?
– O homem não pode nem deve saber tudo. Deus em Sua sabedoria quer assim. Sem o véu que lhe encobre certas coisas, o homem ficaria deslumbrado, como aquele que passa sem transição do escuro para a luz.O esquecimento do passado o faz sentir-se mais senhor de si.
 
393) Como o homem pode ser responsável por atos e reparar faltas das quais não tem consciência? Como pode aproveitar a experiência adquirida em existências caídas no esquecimento? Poderia se conceber que as adversidades da vida fossem para ele uma lição ao se lembrar do que as originou; mas, a partir do momento que não se lembra, cada existência é para ele como a primeira e está, assim, sempre recomeçando. Como conciliar isso com a justiça de Deus?
– A cada nova existência o homem tem mais inteligência e pode melhor distinguir o bem do mal. Onde estaria o mérito, ao se lembrar de todo o passado? Quando o Espírito volta à sua vida primitiva (a vida espírita), toda sua vida passada se desenrola diante dele; vê as faltas que cometeu e que são a causa de seu sofrimento e o que poderia impedi-lo de cometê-las. Compreende que a posição que lhe foi dada foi justa e procura então uma nova existência em que poderia reparar aquela que acabou. Escolhe provas parecidas com as que passou ou as lutas que acredita serem úteis para o seu adiantamento, e pede a Espíritos Superiores para ajudá-lo nessa nova tarefa que empreende, porque sabe que o Espírito que lhe será dado por guia nessa nova existência procurará fazê-lo reparar suas faltas, dando-lhe uma espécie de intuição das que cometeu. Essa mesma intuição é o pensamento, o desejo maldoso que freqüentemente vos aparece e ao qual resistis instintivamente, atribuindo a maior parte das vezes essa resistência aos princípios recebidos de vossos pais, enquanto é a voz da consciência que vos fala. Essa voz é a lembrança do passado, que vos adverte para não recair nas faltas que já cometestes. O Espírito, ao entrar nessa nova existência, se suporta essas provas com coragem e resiste, eleva-se e sobe na hierarquia dos Espíritos, quando volta para o meio deles.
 
   Se não temos, durante a vida corporal, uma lembrança precisa do que fomos e do que fizemos de bem ou mal em existências anteriores, temos a intuição disso, e nossas tendências instintivas são uma lembrança do nosso passado, às quais nossa consciência, que é o desejo que concebemos de não mais cometer as mesmas faltas, nos adverte para resistir. 
 
(Obra: O Livro dos Espíritos - Perguntas 392 e 393)
 
 
******
 
11. Em vão se objeta que o esquecimento constitui obstáculo a que se possa aproveitar da experiência de vidas anteriores. havendo Deus entendido de lançar um véu sobre o passado, é que há nisso vantagem. Com efeito, a lembrança traria gravíssimos inconvenientes. Poderia, em certos casos, humilhar-nos singularmente, ou, então, exaltar-nos o orgulho e, assim, entravar o nosso livre-arbítrio. Em todas as circunstâncias, acarretaria inevitável perturbação nas relações sociais. 
 

(Obra: O Evangelho Segundo o Espiritismo - Capítulo V)
 
O homem carece de compreender que a sua permanência no corpo não significa mais do que breve estágio e, por sua vez, o desencarnado necessita saber que a morte
não representa mais que um simples passo além da jornada ascensional, constituída de inumeráveis etapas.
                                                                                                                                                (Dr.Odilon Fernandes)
 
(Obra: Infinitas Moradas - Carlos A. Baccelli / Inácio Ferreira)
 
 
******
 
AVE MARIA
Ave Maria cheia de graça, o Senhor é convosco, bendita sois vós entre as mulheres e bendito é o fruto do vosso ventre Jesus.
Santa Maria, Mãe de Jesus, rogai por nós, pecadores, agora e na hora de nossa morte. Amém.
 
******

PAI NOSSO
Pai nosso que estais no Céu, santificado seja o Vosso Nome, venha a nós o Vosso reino, seja feita a Vossa vontade, assim na terra como no Céu. O pão nosso de cada dia nos dai hoje; perdoai-nos as nossas ofensas, assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido, e não nos deixeis cair em tentação, mas livrai-nos do mal. Amém.

JESUS

quarta-feira, 28 de outubro de 2015


TODOS SOMOS IRMÃOS
 
De milênios remotos. Viemos todos nós, em pesados avatares.
Da noite dos grandes princípios, ainda insondável para nós, emergimos para o concerto
da vida. A origem constitui, para o nosso relativo entendimento, um profundo mistério,
cuja solução ainda não nos foi possível atingir, mas sabemos que todos os seres
inferiores e superiores participam do patrimônio da luz universal.
Em que esfera estivemos um dia, esperando o desabrochamento de nossa racionalidade?
Desconheceis ainda os processos, os modismos dessas transições, etapas percorridas
pelas espécies, evoluindo sempre, buscando a perfeição suprema e absoluta, mas sabeis
que um laço de amor nos reúne a todos, diante da Entidade Suprema do Universo.
É certo que o Espírito jamais retrograda, constituindo uma infantilidade as teorias da
metempsicose dos egípcios, na antiguidade. Mas, se é impossível o regresso da alma
humana ao circulo da irracionalidade, recebei como obrigação sagrada o dever de
amparar os animais na escala progressiva de suas posições variadas no planeta.
Estendei até eles a vossa concepção de solidariedade e o vosso coração compreenderá,
mais profundamente, os grandes segredos da evolução, entendendo os maravilhosos e
doces mistérios da vida.
 
(Obra: Emmanuel - Chico Xavier/Emmanuel)
 
 
******
 
Os animais têm a sua linguagem, os seus afetos, a sua inteligência rudimentar, com
atributos inumeráveis. São eles os irmãos mais próximos do homem, merecendo, por
isso, a sua proteção e amparo.
 
(Obra: Emmanuel - Chico Xavier/Emmanuel)
 
 
******
 
AVE MARIA
Ave Maria cheia de graça, o Senhor é convosco, bendita sois vós entre as mulheres e bendito é o fruto do vosso ventre Jesus.
Santa Maria, Mãe de Jesus, rogai por nós, pecadores, agora e na hora de nossa morte. Amém.
 
******
 
PAI NOSSO
Pai nosso que estais no Céu, santificado seja o Vosso Nome, venha a nós o Vosso reino, seja feita a Vossa vontade, assim na terra como no Céu. O pão nosso de cada dia nos dai hoje; perdoai-nos as nossas ofensas, assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido, e não nos deixeis cair em tentação, mas livrai-nos do mal. Amém.
 
JESUS

terça-feira, 27 de outubro de 2015


Aquele Que Fizer a Vontade de Deus...

Um dia em que Jesus falava ao povo, alguém se aproximou dizendo:
- Senhor, há visitas. Do lado de fora estão Sua mãe e Seus irmãos
procurando falar Contigo. Pode interromper a pregação para atendê-los?
Na verdade, desde a festiva noite de casamento nas bodas de Caná, em
que Jesus havia transformado água em vinho, não mais havia se encontrado
com sua querida mãezinha e, por essa razão, alegrou-se. Na condição de 
mãe amorosa, Maria estava saudosa do filho querido. Trouxera consigo
seus irmãos consanguíneos, que embora não compreendessem e até tivessem
dúvidas a respeito de missão de Jesus, desejaram revê-Lo e acompanharam
Maria naquela visita.
Jesus prosseguiu, dividindo seu olhar entre os familiares e a multidão que o
esperava. Sabia que sua missão estava acima dos próprios sentimentos e,
apesar do desejo de ir ao encontro de sua mãezinha, precisava exemplificar.
Assim, atento às necessidades morais daqueles que o ouviram, certo de que
suas palavras ficariam para a posteridade, manifestou-se elevando o tom de
voz, com a intenção de ressaltar o ensinamento daquela ocasião.
- Olhe bem ao meu redor, está vendo estas pessoas? Então pergunto: quem
é minha mãe? Quem são meus irmãos?
Diante do olhar de incompreensão e incredulidade do mensageiro, Jesus
complementou, indicando o povo e seus apóstolos:
- Eis minha mãe, eis meus irmãos, porque todo aquele que fizer a vontade
do Pai que está nos Céus, este será minha mãe, estes serão meus irmãos.
O Divino Mestre nos transmitia mais uma grandiosa lição de espiritualidade.
Não são os laços da carne que nos fazem uma família, mas as afinidades
do espírito. Por isso enfatizou:
- Pois, todo aquele que fizer a vontade de Deus, este é meu irmão, minha
irmã e minha mãe.
No final do dia, Jesus reencontrou sua querida mãe e abraçou seus irmãos,
mas apenas depois de concluída a palavra e após o atendimento a todos
os necessitados.
Eles ainda não compreendiam a essência de Sua nobre missão.

(Obra: Jesus o Divino Amigo - Médium Antonio Demarchi/Espírito Irmão Virgílio)


******

Um homem pode ser muito privilegiado intelectualmente e portador de grande 
cultura, mas se não tiver a humildade para descer ao nível dos alunos e ensiná-los
com afeição e respeito, toda sua sabedoria será em vão.

(Obra: Jesus o Divino Amigo - Médium Antonio Demarchi/Espírito Irmão Virgílio)


******

AVE MARIA
Ave Maria cheia de graça, o Senhor é convosco, bendita sois vós entre as mulheres e bendito é o fruto do vosso ventre Jesus.
Santa Maria, Mãe de Jesus, rogai por nós, pecadores, agora e na hora de nossa morte. Amém.
 
******

PAI NOSSO
Pai nosso que estais no Céu, santificado seja o Vosso Nome, venha a nós o Vosso reino, seja feita a Vossa vontade, assim na terra como no Céu. O pão nosso de cada dia nos dai hoje; perdoai-nos as nossas ofensas, assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido, e não nos deixeis cair em tentação, mas livrai-nos do mal. Amém.
 
JESUS

segunda-feira, 26 de outubro de 2015

LEI DO RETORNO

“E os que fizeram o bem sairão para a ressurreição da vida; e os que 
fizeram o mal,
para a ressurreição da condenação .” – Jesus. (João, 5:29).

Em raras passagens do Evangelho, a lei reencarnacionista permanece tão clara 
quanto aqui, em que o ensino do Mestre se reporta à ressurreição da 
condenação.
Como entenderiam estas palavras os teólogos interessados na existência de um 
inferno ardente e imperecível?
As criaturas dedicadas ao bem encontrarão a fonte da vida em se banhando nas 
águas da morte corporal. Suas realizações no porvir seguem na ascensão 
justa, em correspondência direta com o esforço perseverante que 
desenvolveram no rumo da espiritualidade santificadora, todavia, os que se 
comprazem no mal cancelam as próprias possibilidades de ressurreição na luz.
Cumpre-lhes a repetição do curso expiatório.
É a volta à lição ou ao remédio.
Não lhes surge diferente alternativa.
A lei de retorno, pois, está contida amplamente nessa síntese de Jesus.
Ressurreição é ressurgimento. E o sentido de renovação não se compadece com 
a teoria das penas eternas.
Nas sentenças sumárias e definitivas não há recurso salvador. Através da 
referencia do Mestre, contudo, observamos que a Providência Divina é muito 
mais rica e magnânima que parece.
Haverá ressurreição para todos, apenas com a diferença de que os bons 
tê-la-ão em vida nova e os maus em nova condenação, decorrente da criação 
reprovável deles mesmos.

(Obra: Pão Nosso - Chico Xavier/Emmanuel)


******


Porém, vale não olvidar a recomendação de JESUS: Tende Bom Ânimo!

(Mensagem em 20.11.2004 - Raul Teixeira/Guilherme March)


******


AVE MARIA
Ave Maria cheia de graça, o Senhor é convosco, bendita sois vós entre as 
mulheres e bendito é o fruto do vosso ventre Jesus.
Santa Maria, Mãe de Jesus, rogai por nós, pecadores, agora e na hora de 
nossa morte. Amém.


******

PAI NOSSO
Pai nosso que estais no Céu, santificado seja o Vosso Nome, venha a nós o 
Vosso reino, seja feita a Vossa vontade, assim na terra como no Céu. O pão 
nosso de cada dia nos dai hoje; perdoai-nos as nossas ofensas, assim como 
nós perdoamos a quem nos tem ofendido, e não nos deixeis cair em tentação, 
mas livrai-nos do mal. Amém.

JESUS

sexta-feira, 23 de outubro de 2015



A Viagem
 
O aprendiz chegou ao recanto de antigo orientador da vida cristã e 
perguntou, em seguida às saudações costumeiras:
- Instrutor, posso acaso receber as suas indicações quanto ao melhor caminho 
para o encontro com Deus?
A resposta do mentor não se fez esperar:
- A viagem para o encontro com Deus é repleta de obstáculos por vencer... 
Espinheiros, precipícios, charcos e pedreiras perigosas...
Silenciando o interpelado, o moço prosseguiu:
- Isso tudo conheço... Já visitei vários templos da Índia, quando estive por 
vários dias na intimidade de faquires famosos, todos eles revestido de 
faculdades supranormais; arrisquei-me a cair nos despenhadeiros do Tibet 
para conviver com os monges santos; orei na grande Pirâmide do Egito; 
demorei-me na Palestina, procurando registrar impressões da paisagem na qual 
Jesus viveu, no entanto, estou saciado de excursões à procura da Divina 
Presença...
O orientador escutou com humildade e esclareceu, em seguida:
- Sim, é verdade que todas essas peregrinações e práticas auxiliam na busca 
do Supremo Senhor, mas, ao que me parece, há um engano de sua parte...
E arrematou:
- A viagem para o encontro com Deus é para dentro de nós.

 
 
(Obra: Agora é o Tempo - Chico Xavier/Emmanuel)
 
 
******

"Sempre que possível, onde estejas e por onde passes, deixa algum sinal de 
Paz e Luz para aqueles irmãos que estão vindo na retaguarda, a fim de que 
não se percam do rumo certo."
"Ontem, foste o que eras.
Amanhã. serás o que fizeres de ti.
Hoje, porém, és o que és.
Por isso mesmo, não te detenhas.
Aproveita agora para realizar o bem que deves e já possas fazer."

 
(Obra: Agora é o Tempo - Chico Xavier/Emmanuel)
 
 
******
 
AVE MARIA
Ave Maria cheia de graça, o Senhor é convosco, bendita sois vós entre as 
mulheres e bendito é o fruto do vosso ventre Jesus.
Santa Maria, Mãe de Jesus, rogai por nós, pecadores, agora e na hora de 
nossa morte. Amém.


 
******

PAI NOSSO
Pai nosso que estais no Céu, santificado seja o Vosso Nome, venha a nós o 
Vosso reino, seja feita a Vossa vontade, assim na terra como no Céu. O pão 
nosso de cada dia nos dai hoje; perdoai-nos as nossas ofensas, assim como 
nós perdoamos a quem nos tem ofendido, e não nos deixeis cair em tentação, 
mas livrai-nos do mal. Amém.

 
JESUS

quinta-feira, 22 de outubro de 2015


DIVISÃO DA LEI NATURAL
 
647) Toda a lei de Deus está contida no ensinamento de amor ao
próximo ensinado por Jesus?

 
– Certamente esse ensinamento contém todos os deveres dos homens
entre si; mas é preciso vos mostrar sua aplicação, senão deixareis
de o cumprir como fazeis até hoje; aliás, a lei natural compreende todas as
circunstâncias da vida e esse ensinamento é apenas uma parte da lei. Os
homens necessitam de regras precisas. Os ensinamentos gerais e indefinidos,
por serem muito vagos, possibilitam diversas interpretações.

 
648) Que pensais da divisão da lei natural em dez partes compreendendo
as leis de adoração, trabalho, reprodução, conservação,
destruição, sociedade, progresso, igualdade, liberdade e, por fim, a
de justiça, amor e caridade?

 
– Essa divisão da lei de Deus em dez partes é a de Moisés e pode
abranger todas as circunstâncias da vida, que é essencial. Podeis seguila,
embora ela nada tenha de absoluto, como não têm os outros sistemas
de classificação que dependem do ponto de vista sob o qual se considere
o que quer que seja. A última lei é a mais importante; é por ela que o
homem pode avançar mais na vida espiritual, porque resume todas as
outras.
 
(O Livro dos Espíritos: Perguntas 647 e 648)
 
 
******
 
Dizes que a humildade é virtude dos Anjos e que os Anjos estão no Céu, no entanto
não te esqueças de que as asas dos Anjos cresceram sobre a Terra mesmo.
 
(Obra: Perseverança - Carlos A.Baccelli/Irmão José)
 
 
******
 
AVE MARIA
Ave Maria cheia de graça, o Senhor é convosco, bendita sois vós entre as mulheres e bendito é o fruto do vosso ventre Jesus.
Santa Maria, Mãe de Jesus, rogai por nós, pecadores, agora e na hora de nossa morte. Amém.
 
******
 
PAI NOSSO
Pai nosso que estais no Céu, santificado seja o Vosso Nome, venha a nós o Vosso reino, seja feita a Vossa vontade, assim na terra como no Céu. O pão nosso de cada dia nos dai hoje; perdoai-nos as nossas ofensas, assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido, e não nos deixeis cair em tentação, mas livrai-nos do mal. Amém.
 
JESUS

quarta-feira, 21 de outubro de 2015


O Coração

"Quando o nosso corpo se forma, no claustro materno, uma das primeiras
manifestações é o coração palpitando... Nos casos de saúde, a medicina se
preocupa com a chamada parada cardíaca; o coração governa a vida...
Parada cardíaca pode afetar o cérebro... O coração comanda todos os 
fenômenos da vida, a ponto de, nas profecias mais antigas, alguém ter dito:
muito cuidado com o coração, porque onde colocarmos o nosso coração, ai
estarão o nosso tesouro, a nossa vida.
Compreender a importância da razão, mas a super-importância do coração,
para que sejamos mais irmãos uns dos outros, com mais compreensão 
recíproca, para que a nossa vida possa melhorar...
Quando Chico terminou, ficamos a meditar também em dois outros 
ensinamentos semelhantes, que ele nos deu em outra oportunidade: o 
primeiro, 'na atualidade o homem na Terra carece de 90% de sentimento e
apenas 10% de intelecto'; o segundo, de Emmanuel, é mais menos assim,
'quando o homem cai pelo coração, a própria queda é degrau para que ele
se possa levantar; quando cai pela inteligência é diferente'..."

(Obra: Chico Xavier à Sombra do Abacateiro - Carlos A. Baccelli)


******

Nossos atos tecem asas de libertação ou algemas de cativeiro, para a nossa
vitória ou nossa perda.
A ninguém devemos o destino senão a nós próprios.

(Obra: Ação e Reação - Chico Xavier/André Luiz)


******

AVE MARIA
Ave Maria cheia de graça, o Senhor é convosco, bendita sois vós entre as mulheres e bendito é o fruto do vosso ventre Jesus.
Santa Maria, Mãe de Jesus, rogai por nós, pecadores, agora e na hora de nossa morte. Amém.

 
******
 
PAI NOSSO
Pai nosso que estais no Céu, santificado seja o Vosso Nome, venha a nós o Vosso reino, seja feita a Vossa vontade, assim na terra como no Céu. O pão nosso de cada dia nos dai hoje; perdoai-nos as nossas ofensas, assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido, e não nos deixeis cair em tentação, mas livrai-nos do mal. Amém.
 
JESUS

terça-feira, 20 de outubro de 2015

Água e Oração

A Água fluidificada

“E qualquer que tiver dado só que seja um copo de água fria por ser meu 
discípulo, em verdade vos digo que, de modo algum, perderá o seu galardão”.
Jesus (Mateus, 10:42)

Meu amigo, quando Jesus se referiu à benção do copo de água fria, em seu 
nome, não apenas se reportava à compaixão rotineira que sacia a sede comum. 
Detinha-se o Mestre no exame de valores espirituais mais profundos.
A água é dos corpos o mais simples e receptivo da terra. É como que a base 
pura, em que a medicação do Céu pode ser impressa, através de recursos 
substanciais de assistência ao corpo e à alma, embora em processo invisível 
aos olhos mortais. A prece intercessória e o pensamento de bondade 
representam irradiações de nossas melhores energias.
A criatura que ora ou medita exterioriza poderes, emanações e fluidos que, 
por enquanto, escapam à análise da inteligência vulgar e a linfa potável 
recebe a influência, de modo claro, condensando linhas de força magnética e 
princípios elétricos, que aliviam e sustentam, ajudam e curam.
A fonte que procede do coração da Terra e a rogativa que flui no imo d’alma, 
quando se unem na difusão do bem, operam milagres.
O Espírito que se eleva na direção do céu é antena viva, captando potências 
da natureza superior, podendo distribuí-las em benefício de todos os que lhe 
seguem a marcha.
Ninguém existe órfão de semelhante amparo. Para auxiliar a outrem e a si 
mesmo, bastam a boa vontade e a confiança positiva.
Reconheçamos, pois, que o MESTRE, quando se referiu à água simples, doada em 
nome da sua memória, reportava-se ao valor real da providência, em benefício 
da carne e do espírito, sempre que estacionem através de zonas enfermiças. 
Se desejas, portanto, o concurso dos Amigos Espirituais, na solução de tuas 
necessidades fisiológicas ou dos problemas de saúde e equilíbrio dos 
companheiros, coloca o teu recipiente de água cristalina, à frente de tuas 
orações, espera e confia. O orvalho do PLANO DIVINO magnetizará o liquido, 
com raios de amor, em forma de bênção, e estarás, então, consagrando o 
sublime ensinamento do copo de água pura, abençoado nos Céus.
   


(Obra: Segue-me  -  Chico Xavier / Emmanuel)



******         
 

O Mestre é sempre a fonte dos ensinamentos vivos. o trabalho e a prece são 
duas características de Sua Atividade Divina.
Jesus nunca se encerrou à distância das criaturas, com o fim de permanecer 
em contemplação absoluta dos quadros divinos que lhe iluminavam o coração, 
mas também cultivou a Prece em sua altura celestial.

(Obra: Caminho, Verdade e Vida - Chico Xavier / Emmanuel)

 


******

AVE MARIA

Ave Maria cheia de graça, o Senhor é convosco, bendita sois vós entre as 
mulheres e bendito é o fruto do vosso ventre Jesus.
Santa Maria, Mãe de Jesus, rogai por nós, pecadores, agora e na hora de 
nossa morte. Amém.

******

PAI NOSSO

Pai nosso que estais no Céu, santificado seja o Vosso Nome, venha a nós o 
Vosso reino, seja feita a Vossa vontade, assim na terra como no Céu. O pão 
nosso de cada dia nos dai hoje; perdoai-nos as nossas ofensas, assim como 
nós perdoamos a quem nos tem ofendido, e não nos deixeis cair em tentação, 
mas livrai-nos do mal. Amém.
 
JESUS

segunda-feira, 19 de outubro de 2015


DEFINIR
 
Jesus ensinou-nos que o reino dos céus está dentro de nós. Indispensável que
a reflexão e a alegria de viver nos facultem um estado de plenitude.
O Mestre, sendo um Espírito perfeito, não escolheu tarefa para executar,  não
procurou destaque na sociedade, evitou receber quaisquer homenagens.  E
mesmo quando, entrando em Jerusalém, foi saudado pelos ramos que celebravam
vitórias, manteve-se discretamente montado sobre um jumento que pisava os
tecidos que eram colocados no piso por onde Ele passava...
Convivendo com os mais pobres, fez-se simples e despojado, a fim de não os
humilhar, nem lhes provocar inveja.
Dialogando com os humildes de coração, falou-lhes uma linguagem desataviada,
utilizando-se de imagens populares, quais o grão de mostarda, a pérola, a palha
do campo, os talentos, as lâmpadas de azeite, as redes do mar, com elas tecendo
a mais bela página do pensamento filosófico de que se tem notícia.
Nunca selecionou serviço a fazer, havendo atendido enfermos do corpo, da emoção,
da mente, todos doentes da alma, para demonstrar a excelência da saúde interior e
da perfeita integração espírito-mente-corpo, sugerindo sempre a necessidade de
cada um evitar o erro, de não se comprometer negativamente com nada,  de
auto-superar-se.
Encorajou o perdão e a pureza de coração, vivendo-os integralmente em todos os
momentos da Sua trajetória.
Todo o Seu ministério foi realizado em clima de naturalidade e despojamento de
aparências, por isso mesmo, insuperável.
Começando-o em modesta estrebaria, encerrou-o numa cruz, prosseguindo em
iridescente madrugada que prossegue até hoje derramando claridade nas noites
morais da humanidade e nas sombras densas dos corações medrosos.
Toma-O como exemplo.
Ele se entregou ao Pai em total confiança, e jamais foi desamparado.
Faze o mesmo.
 
(Obra: Nascente de Bençãos - Divaldo Franco/Joanna de Ângelis)
 
 
******
 
Não elejas realizações pelo brilho ou pela projeção que te possam oferecer, mas
pela oportunidade de contribuíres em favor do progresso da humanidade, assim
como em teu próprio benefício.
Sempre há lugar e oportunidade para quem deseja trabalhar pelo bem.
Toma a charrua do Evangelho e sai a lavrar a terra dos corações.
Jesus te espera.
 
(Obra: Nascente de Bençãos - Divaldo Franco/Joanna de Ângelis)
 
 
******
 
AVE MARIA
Ave Maria cheia de graça, o Senhor é convosco, bendita sois vós entre as mulheres e bendito é o fruto do vosso ventre Jesus.
Santa Maria, Mãe de Jesus, rogai por nós, pecadores, agora e na hora de nossa morte. Amém.
 
******
 
PAI NOSSO
Pai nosso que estais no Céu, santificado seja o Vosso Nome, venha a nós o Vosso reino, seja feita a Vossa vontade, assim na terra como no Céu. O pão nosso de cada dia nos dai hoje; perdoai-nos as nossas ofensas, assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido, e não nos deixeis cair em tentação, mas livrai-nos do mal. Amém.
 
JESUS

sexta-feira, 16 de outubro de 2015


VIGIAI E ORAI

"Estai de sobreaviso, vigiai [e orai]; porque não sabeis quando será o tempo"
 - Marcos, cap. 13 - v. 33

Somente neste trecho do Evangelho de Marcos, quando transcreve a sucinta
Parábola da Figueira, Jesus nos exorta três vezes ao estado íntimo de vigilância.
Sem dúvida, em todos os sentidos, carecemos estar sempre precavidos.
O tempo não se submete aos caprichos de ninguém.
Quem, por exemplo, poderá prever o que lhe sucederá no próximo minuto?
Com estas palavras, não estamos fazendo apologia ao pessimismo, de vez que,
conforme sabemos, nem mesmo uma folha de árvore cai sem o divino consentimento.
Todavia, tudo quanto existe, a cada fração de segundo, está sujeito à inexorável
Lei da Mudança.
Por este motivo, a fim de que não seja surpreendido pelo inevitável, o espírito
previdente procura estar sempre de sobreaviso.
A qualquer momento, convocado pelo tribunal da consciência, o homem pode ser
chamado à prestação de contas pelos seus atos.
Mas não há necessidade de que a desencarnação nos acometa para que a nossa
existência sofra abrupta transformação.
As mais rudes provações costumam chegar de inesperado.
Sendo a Terra um orbe de provas e expiações, as próprias circunstâncias podem
concorrer para que determinada surpresa desagradável se articule no caminho de
quem não possui méritos para evitá-la.
É óbvio que, por mercê da Divina Misericórdia, todos igualmente estamos sujeitos
a consequências de natureza positiva; no entanto, quando reitera o "vigiai e orai",
o alerta do Cristo objetiva manter-nos de espírito preparado para os possíveis 
reveses que, em nossa atual condição evolutiva, se fazem a maior probabilidade.

(Obra: Saúde Mental À Luz do Evangelho - Carlos A.Baccelli/Inácio Ferreira)


******

Tudo quanto pudermos fazer no bem, não devemos adiar... Carecemos de somar
esforços, criando, digamos, uma energia dinâmica que se anteponha às forças do
mal... Uma atitude positiva desencadeia outras. O amor contagia... Pior do que o
mal que a invigilância de muitos concretiza, é o comodismo daqueles que cruzam
os braços por desacreditarem no bem...

(Obra: O Evangelho de Chico Xavier - Carlos A. Baccelli)


******

AVE MARIA
Ave Maria cheia de graça, o Senhor é convosco, bendita sois vós entre as mulheres e bendito é o fruto do vosso ventre Jesus.
Santa Maria, Mãe de Jesus, rogai por nós, pecadores, agora e na hora de nossa morte. Amém.
 
******
 
PAI NOSSO
Pai nosso que estais no Céu, santificado seja o Vosso Nome, venha a nós o Vosso reino, seja feita a Vossa vontade, assim na terra como no Céu. O pão nosso de cada dia nos dai hoje; perdoai-nos as nossas ofensas, assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido, e não nos deixeis cair em tentação, mas livrai-nos do mal. Amém.
 
JESUS

quinta-feira, 15 de outubro de 2015


Justiça da Reencarnação

171) Em que se baseia o dogma da reencarnação?  
– Na justiça de Deus e na revelação, e repetimos incessantemente: um bom pai deixa sempre para seus filhos uma porta aberta ao arrependimento.A razão não vos diz que seria injusto privar, para sempre, da felicidade eterna todos aqueles cujo aprimoramento não dependeu deles mesmos? Não são todos os homens filhos de Deus? Só homens egoístas podem pregar a injustiça, o ódio implacável e os castigos sem perdão.
 
 
Todos os Espíritos estão destinados à perfeição, e Deus lhes fornece os meios de alcançá-la pelas provações da vida corporal. Mas, na Sua justiça, lhes permite cumprir, em novas existências, o que não puderam fazer, ou acabar, numa primeira prova.
Não estaria de acordo nem com a igualdade, a justiça, nem com a bondade de Deus condenar para sempre os que encontraram, no próprio meio em que viveram, obstáculos ao seu melhoramento, independentemente de sua vontade. Se a sorte do homem estivesse irrevogavelmente fixada após a morte, Deus não teria pesado as ações de todos numa única e mesma balança e não agiria com imparcialidade. 
A doutrina da reencarnação, que consiste em admitir para o homem diversas existências sucessivas, é a única que responde à idéia que fazemos da justiça de Deus em relação aos homens que se acham numa condição moral inferior; a única que pode nos explicar o futuro e firmar nossas esperanças, porque nos oferece o meio de resgatar nossos erros por novas provações. A razão nos demonstra essa doutrina e os Espíritos a ensinam. 
O homem que tem consciência de sua inferioridade encontra na doutrina da reencarnação uma esperança consoladora. Se acredita na justiça de Deus, não pode esperar achar-se, perante a eternidade, em pé de igualdade com aqueles que agiram melhor do que ele. Contudo, o pensamento de que essa inferioridade não o exclui para sempre do bem supremo que conquistará mediante novos esforços o sustenta e lhe reanima a coragem. Quem é que, no término de sua caminhada, não lamenta ter adquirido muito tarde uma experiência que não pode mais aproveitar? Porém, essa experiência tardia não está perdida; tirará proveito dela numa nova vida. 
 
(Obra: O Livro do Espíritos - Pergunta 171)
 
 
******
 
Deposita fé em Deus, na Sua bondade, na Sua justiça e na Sua Sabedoria. Sabe que sem a Sua permissão
nada acontece e se Lhe submete à vontade em todas as coisas.
Tem fé no futuro, razão por que coloca os bens espirituais acima dos bens temporais.
 
(Obra: O Evangelho Segundo o Espiritismo - Capítulo XVII)
 
 
******
 
AVE MARIA

Ave Maria cheia de graça, o Senhor é convosco, bendita sois vós entre as mulheres e bendito é o fruto do vosso ventre Jesus.
Santa Maria, Mãe de Jesus, rogai por nós, pecadores, agora e na hora de nossa morte. Amém.
 
******
 
PAI NOSSO
Pai nosso que estais no Céu, santificado seja o Vosso Nome, venha a nós o Vosso reino, seja feita a Vossa vontade, assim na terra como no Céu. O pão nosso de cada dia nos dai hoje; perdoai-nos as nossas ofensas, assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido, e não nos deixeis cair em tentação, mas livrai-nos do mal. Amém.
 
JESUS