terça-feira, 31 de março de 2015


Desafios Existenciais

A existência no corpo físico é uma oportunidade de aprendizagem que a vida 
concede ao ser espiritual no seu processo de crescimento interior, facultando-lhe
os recursos apropriados para que a divina chama que existe em todos alcance
a plenitude. De acordo com a maneira como cada um se comporte no mister,
estará semeando os ocorrências do futuro, que terá de enfrentar, a fim de
recompor-se e corrigir o que foi danificado.
Cada reencarnação é sublime concessão divina para a construção ditosa da
imortalidade pessoal.
Escola abençoada, a Terra é o reduto formoso no qual todos nos aperfeiçoamos,
retirando a ganga pesada do primarismo, que impede o brilho do diamante estelar
do Espírito que somos. Os golpes do processo evolutivo encarregam-se de
liberar-nos, permitindo que as facetas lapidadas pela dor e buriladas pelo amor
reflitam as belezas siderais.
- Felizes - continua o apóstolo da caridade - somos, todos aqueles que acreditamos
em Nosso Senhor Jesus Cristo e que O temos na condição de Caminho, Verdade e
Vida. A Ele vinculados ao amor que nos dá sustento às emoções, morte é vida, e
infortúnio é benção, porque nada acontece sem a Sua permissão superior.
"Por mais assustador se vos apresente o fenômeno da morte orgânica, a vida é um
triunfo sobre todas as injunções, e nada a consegue destruir."
Nesse clima de elevadas vibrações de amor e de compaixão, podíamos perceber o 
valor dos sentimentos da afetividade no intercâmbio com os irmãos mais angustiados.
Se o amor não puder atender os objetivos essenciais para os quais se contitui, a
sua finalidade é utópica e vã.
Não foi por outra razão que Jesus o elegeu como a mais nobre quão indispensável
conquista a que pode aspirar o ser humano.
 
 
(Obra: Transição Planetária - Divaldo P.Franco/Manoel P.de Miranda)
 
 
******
 
Ninguém pode permitir-se o luxo desditoso de recuperar débitos morais e espirituais,
colocando-se em posição de vítima, que nunca existe, porquanto, se tal houvesse,
deparar-nos-íamos com lamentáveis falhas dos códigos da justiça divina.
 
(Obra: Transição Planetária - Divaldo P.Franco/Manoel P.de Miranda)
 
 
******
 
AVE MARIA
Ave Maria cheia de graça, o Senhor é convosco, bendita sois vós entre as mulheres e bendito é o fruto do vosso ventre Jesus.
Santa Maria, Mãe de Jesus, rogai por nós, pecadores, agora e na hora de nossa morte. Amém.

******

 
PAI NOSSO
Pai nosso que estais no Céu, santificado seja o Vosso Nome, venha a nós o Vosso reino, seja feita a Vossa vontade, assim na terra como no Céu. O pão nosso de cada dia nos dai hoje; perdoai-nos as nossas ofensas, assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido, e não nos deixeis cair em tentação, mas livrai-nos do mal. Amém.

JESUS

segunda-feira, 30 de março de 2015


NASCER DE NOVO 
"Em verdade, em verdade, te digo que se alguém não nascer de novo,
não pode ver o reino de Deus." - João, cap.3 - v.3
 
"Nascer de novo" é tarefa para todos os dias.
Renascer dentro da própria existência física é mais importante do que ganhar
corpo novo e simplesmente reencarnar.
A Criação Divina, a cada dia, expande-se e aperfeiçoa-se.
Renascer do erro é admiti-lo e começar a repará-lo.
O homem que, por orgulho ou comodismo, se cristaliza em suas opiniões, vai
ficando à margem do dinamismo da Vida.
Disponhamo-nos a recomeçar sempre.
Voltar atrás em decisões equivocadas é prova de grandeza espiritual.
Sejamos como a gleba fértil e generosa que agasalha em seu seio toda boa
semente e permite que ela germine...
Ninguém desfruta da saúde espiritual, se não tiver a humildade de reconhecer 
os seus limites e trabalhar para ampliar os horizontes pessoais.
Crescer não é superar os outros , mas tornar-se maior do que se é, 
conservando-se pequenino.
Quantos preferem sofrer no erro a serem felizes ao reconhecê-lo ?
O homem que perde a simplicidade é candidato ao desequilíbrio emocional.
Sejamos comedidos em tudo quanto fizermos.
E não ignoremos os companheiros de jornada que gemem, renteando conosco
na difícil caminhada.
Quem ama, por mais complexa a decisão, acerta sempre.
 
(Obra: Saúde Mental À Luz do Evangelho - Carlos A. Baccelli / Inácio Ferreira)
 
 
******
 
Acima de tudo, consolide no coração a certeza de que a revelação maior é aquela
que preceitua o dever de procurar com Jesus a nossa libertação do mal e, em nosso
próprio benefício, compreendamos a real posição do Mestre como Excelso Condutor
de nosso mundo, em cujo infinito amor estamos construindo o Reino de Deus em nós.
 
(Obra: O Espírito da Verdade - Chico Xavier e Waldo Vieira / André Luiz)
 
 
******
 
AVE MARIA
Ave Maria cheia de graça, o Senhor é convosco, bendita sois vós entre as mulheres e bendito é o fruto do vosso ventre Jesus.

Santa Maria, Mãe de Jesus, rogai por nós, pecadores, agora e na hora de nossa morte. Amém.
 
******
 
PAI NOSSO

Pai nosso que estais no Céu, santificado seja o Vosso Nome, venha a nós o Vosso reino, seja feita a Vossa vontade, assim na terra como no Céu. O pão nosso de cada dia nos dai hoje; perdoai-nos as nossas ofensas, assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido, e não nos deixeis cair em tentação, mas livrai-nos do mal. Amém.
 
JESUS

sexta-feira, 27 de março de 2015


Libertar
 
Jesus conhecia a psique humana em profundidade, os seus abismos, as suas
heranças, os seus equívocos, as suas incertezas, todos os seus meandros, e
porque identificava naqueles que O seguiam os tormentos que os infelicitavam,
apresentou na parábola do Filho Pródigo o eficiente processo psicoterapêutico
para as gerações do futuro, de forma que, em todas as épocas porvindouras,
o amor e a compaixão, libertando dos traumas e dos ressentimentos, 
contribuíssem para a plenificação interior dos indivíduos.
A parábola do Filho Pródigo é um manancial de informações psicológicas
profundas, guardando um tesouro de símbolos e significados que merecem 
cuidadosa análise, a fim de retirar-se do seu conteúdo as lições de paz e de
saúde necessárias para uma existência rica e abençoada.
 
(Obra: Em Busca da Verdade - Divaldo Franco/Joanna de Ângelis)
 
 
******
 
A crença em Deus, o conhecimento de Jesus, não mais como arquétipos, mas
sim, como realidades que transcendem a compreensão imediata do ego e que
se encontram ínsitos no Self, proporciona ilimitada satisfação de viver e de 
lutar, por poder-se considerar a grandeza do Homem de Nazaré e as Suas
vitórias incessantes como exemplo para todos, representando a saúde integral.
 
(Obra: Em Busca da Verdade - Divaldo Franco/Joanna de Ângelis)
 
 
******
 
AVE MARIA
Ave Maria cheia de graça, o Senhor é convosco, bendita sois vós entre as mulheres e bendito é o fruto do vosso ventre Jesus.
Santa Maria, Mãe de Jesus, rogai por nós, pecadores, agora e na hora de nossa morte. Amém.
 
******
 
PAI NOSSO
Pai nosso que estais no Céu, santificado seja o Vosso Nome, venha a nós o Vosso reino, seja feita a Vossa vontade, assim na terra como no Céu. O pão nosso de cada dia nos dai hoje; perdoai-nos as nossas ofensas, assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido, e não nos deixeis cair em tentação, mas livrai-nos do mal. Amém.
 
JESUS

quinta-feira, 26 de março de 2015


O Sono e os Sonhos
 
403 Por que nem sempre nos lembramos dos sonhos?
– O que chamais de sono é apenas o repouso do corpo, mas o Espírito está sempre ativo e durante o sono recobra um pouco de sua liberdade e se corresponde com os que lhe são caros, neste mundo ou em outros. Sendo o corpo uma matéria pesada e grosseira, dificilmente conserva as impressões que o Espírito recebeu, visto que o Espírito não as percebeu pelos órgãos do corpo.
 
404 O que pensar da significação atribuída aos sonhos?
– Os sonhos não têm o significado que certos adivinhos lhes atribuem. É um absurdo acreditar que sonhar com isso significa aquilo. São verdadeiros no sentido de que apresentam imagens reais ao Espírito, mas muitas vezes não têm relação com o que se passa na vida corporal; são também, como dissemos, uma lembrança. Algumas vezes, podem ser um pressentimento do futuro, se Deus o permite, ou a visão do que se passa nesse momento em um outro lugar para onde a alma se transporta. Não tendes numerosos exemplos de pessoas que aparecem em sonho e vêm advertir seus parentes ou amigos do que lhes está acontecendo? O que são essas aparições, senão a alma ou o Espírito dessas pessoas que vêm se comunicar com o vosso? Quando estais certos de que o que vistes realmente aconteceu, não é uma prova de que a imaginação não tomou parte em nada, principalmente se as ocorrências do sonho não estavam de modo algum em vosso pensamento enquanto acordados?
 
405 Vêem-se freqüentemente em sonho coisas que parecem pressentimentos e que não se realizam; de onde vem isso?
– Elas podem se realizar apenas para o Espírito, ou seja, o Espírito vê a coisa que deseja porque vai procurá-la. Não deveis esquecer que, durante o sono, a alma está constantemente sob influência da matéria, às vezes mais, às vezes menos, e, conseqüentemente, nunca se liberta completamente das idéias terrenas. Disso resulta que as preocupações enquanto acordados podem dar àquilo que se vê a aparência do que se deseja ou do que se teme. A isso verdadeiramente é o que se pode chamar de efeito da imaginação. Quando se está fortemente preocupado com uma idéia, liga-se a essa idéia tudo o que se vê.
 
406 Quando vemos em sonho pessoas vivas, que conhecemos perfeitamente, praticarem atos de que absolutamente não cogitam, não é efeito de pura imaginação? 
– Em relação a praticar atos de que não cogitam, como dizeis, o que sabeis disso? O Espírito dessa pessoa pode visitar o vosso, como o vosso pode visitar o dela e nem sempre sabeis no que ele pensa. E então, freqüentemente, atribuís às pessoas que conheceis, e de acordo com vossos desejos, o que se passou ou se passa em outras existências.
 
407 O sono completo é necessário para a emancipação do Espírito?
– Não; o Espírito recobra sua liberdade quando os sentidos se entorpecem. Ele se aproveita, para se emancipar, de todos os momentos de repouso que o corpo lhe concede. Desde que haja debilidade das forças vitais, o Espírito se desprende, e quanto mais fraco estiver o corpo, mais livre ele estará.
  
   É assim que a sonolência, ou um simples entorpecimento dos sentidos, apresenta muitas vezes as mesmas imagens do sono.  
 
(O Livros dos Espíritos - Perguntas nº: 403,404,405,406 e 407)
 
 
******
  
E, projetando ele isto, eis que em sonho lhe apareceu um anjo do Senhor, dizendo: "José, filho de Davi, não temas receber a Maria, tua mulher, porque o que nela está gerado é do Espírito Santo;
Ela dará à luz um filho e chamarás o seu nome JESUS; porque ele salvará o seu povo dos seus pecados."
 
(Bíblia Sagrada - Mateus 1:20 e 21)
 
 
******
 
AVE MARIA
Ave Maria cheia de graça, o Senhor é convosco, bendita sois vós entre as mulheres e bendito é o fruto do vosso ventre Jesus.
Santa Maria, Mãe de Deus, rogai por nós, pecadores, agora e na hora de nossa morte. Amém.
 
******
 
PAI NOSSO
Pai nosso que estais no Céu, santificado seja o Vosso Nome, venha a nós o Vosso reino, seja feita a Vossa vontade, assim na terra como no Céu. O pão nosso de cada dia nos dai hoje; perdoai-nos as nossas ofensas, assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido, e não nos deixeis cair em tentação, mas livrai-nos do mal. Amém.
 
JESUS

quarta-feira, 25 de março de 2015


ASSIM NA TERRA COMO NO CÉU

Disse-nos Jesus, segundo anotações de Mateus, capítulo 18, versículo18:
"Em verdade vos digo que tudo o que ligardes na Terra, terá sido ligado
no Céu, e tudo o que desligardes na Terra, terá sido desligado no Céu".
A Lei de Causa e Efeito, que nos tutela nos caminhos da Evolução, tanto
funciona da Terra para o Mundo Espiritual quanto do Mundo Espiritual
para a Terra.
Portanto, Terra e Mundo Espiritual, concomitantemente, são glebas de
colheita e semeadura, porque, a rigor, não existe, entre uma e outra,
solução de continuidade na elaboração do destino.
Terra e Mundo Espiritual, sob o ponto de vista ético - e por que não
dizer intelectual - podem se comparar a um espelho de dupla face,
sobre a qual as imagens que se movimentam num e noutro se refletem
e quase se superpõem, apenas com pequena diferença em suas
manifestações.
Seja na vida ou na morte, meros fenômenos visuais, o espírito é sempre
o mesmo em sua indestrutível essência, cabendo-lhe, no corpo carnal
ou fora dele, empreender esforços de autossuperação que o possibilitem
transcender a si mesmo.
Pois, que não existe morte, mas apenas Vida, e Vida em abundância, que
mais abundante se nos faz quando logramos avançar para além de 
nossos próprios limites !.

(Obra: Assim Na Terra Como No Céu - Carlos A. Baccelli/Inácio Ferreira)


******

O conhecimento sobre as células somente confirma o que os grandes
sábios espirituais vêm nos ensinando há séculos: cada um de nós é um
espírito encarnado na matéria.

(Obra: A Biologia Da Crença - Bruce H. Lipton)


******

AVE MARIA
Ave Maria cheia de graça, o Senhor é convosco, bendita sois vós entre as 
mulheres e bendito é o fruto do vosso ventre Jesus.
Santa Maria, Mãe de Jesus, rogai por nós, pecadores, agora e na hora de 
nossa morte. Amém.

 
******
 
PAI NOSSO
Pai nosso que estais no Céu, santificado seja o Vosso Nome, venha a nós o 
Vosso reino, seja feita a Vossa vontade, assim na terra como no Céu. O pão 
nosso de cada dia nos dai hoje; perdoai-nos as nossas ofensas, assim como 
nós perdoamos a quem nos tem ofendido, e não nos deixeis cair em tentação, 
mas livrai-nos do mal. Amém.
 
JESUS

terça-feira, 24 de março de 2015

Somos Importantes

Irmãos, todos nós somos importantes para Deus. Um dia, a nossa
Essência da Sua mão ganhou vida e desde então nunca mais paramos
de evoluir. Dia após dia, queiramos ou não, o Universo caminha - e nós
com ele. Já vivemos em vários reinos, resguardados por amigos, até o
momento em que, aptos para sermos livres, conhecemos o valor da
vida, recebendo de Deus o livre-arbítrio e sendo convidados a bondade.
Muitos de nós, no entanto, buscamos atalhos e ao invés de renovar as
forças em Deus, procuramo-las nas criaturas  que, como nós, caminham
sem cessar. Não as encontrando ao nosso redor, desesperamo-nos e
vamos adquirindo o egoísmo, a vaidade, o orgulho, a avareza, o ódio,
o rancor, começando as quedas e com elas os sofrimentos. Em vez de
nos tornarmos humildes e voltarmo-nos para Deus, julgamo-nos
habilitados a praticar vinganças, traições. Assim chegamos aonde
chegamos: algozes de nós mesmos. Hoje nos perguntamos: "Por que
Deus permitiu que fizéssemos o que fizemos? Por que não temos uma
vida calma, repleta de felicidade? Se Ele é Pai, por que não dá aos
filhos o que estes almejam: a paz?" Vemos que todos os que aqui se
encontram estão moidos pela dor, torturados pelos remorsos e
possuem chagas doridas, mas posso lhes dizer que Deus é tão bom
que ainda nos congrega em uma assembléia como esta para nos
mostrar o valor dos nossos espíritos. Se hoje somos trapos rasgados
pela fraqueza dos nossos atos, tenhamos a certeza que o bom Deus
nos concederá perdão a medida em que formos cuidando nos nossos
corpos. Jesus, o filho de Deus, foi criado igual a nós outros: simples e
inocente, todavia, Ele não abandonou os braços paternos, como todos
nós fizemos. Ele permaneceu ereto nas estradas da vida; nem por um
momento sequer parou para descansar. A centelha Divina eu Seu
Corpo imaculado tão intensa ficou que Lhe deu condição de aquecer
a Terra, que governa com o amor e humildade.

(Obra: Mãos Estendidas - Psicografia Irene P.Machado/Espírito Luiz Sérgio)


******

Se ainda não conheces os ensinamentos do Cristo, estás livre para fazer o
que gostas, mas se já aceitaste as lições de Jesus, estás livres para fazer o 
que deves.

(Obra: Recados do Além - Chico Xavier/Emmanuel)


******

AVE MARIA
Ave Maria cheia de graça, o Senhor é convosco, bendita sois vós entre as mulheres e bendito é o fruto do vosso ventre Jesus.
Santa Maria, Mãe de Jesus, rogai por nós, pecadores, agora e na hora de nossa morte. Amém.
 
******
 
PAI NOSSO
Pai nosso que estais no Céu, santificado seja o Vosso Nome, venha a nós o Vosso reino, seja feita a Vossa vontade, assim na terra como no Céu. O pão nosso de cada dia nos dai hoje; perdoai-nos as nossas ofensas, assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido, e não nos deixeis cair em tentação, mas livrai-nos do mal. Amém.
 
JESUS

segunda-feira, 23 de março de 2015


O Óbolo da Viúva

"Assentado diante do gazofilácio, observava Jesus como
 o povo lançava ali o dinheiro. "  - Marcos, cap 12 - v. 41

Jesus não estava a observar o tamanho da doação que as pessoas
se punham a lançar no esportulário.
Segundo o Evangelista, a sua atenção se prendia "ao modo" com que,
independente de quantia, o dinheiro era ali depositado.
Vejamos que o Mestre se concentrava sobre a intenção que motivava 
o gesto e não sobre o gesto em si mesmo.
Foi aí que, aos seus divinos olhos, a oferta de anônima viúva, que oferecera,
da sua pobreza, tudo quanto possuía, se destacou das demais.
O episódio nos leva, naturalmente, a indagar a respeito do modo com que, 
por nossa vez, temos praticado a caridade.
Não nos esqueçamos de que, para as Leis que nos espreitam os menores
movimentos, o "como" é mais importante que o "quanto"...
Se o tamanho da dádiva material diz de nossas possibilidades extrínsecas,
somente o modo com que dela nos desprendemos avalia a nossa capacidade
de amar.
Será que a doação feita por aquela senhora promoveria alguma diferença à
contabilidade do templo? A não ser o Cristo, quem seria capaz de lhe reparar
na discreta atitude de quem até se envergonha por mais não ter para doar?
Por vezes, quem mais auxilia não é aquele que preenche o cheque mais
substancioso, como aquele que menos auxilia não é quem se apresenta  com
as mãos sempre desprovidas de recursos.
Duas únicas moedas foram bastantes para imortalizar, nas páginas do 
Evangelho, a importância do gesto daquela pobre viúva que, mesmo sem ter
nome para ser lembrado, jamais será esquecida como exemplo a ser citado
onde quer que a virtude da caridade seja evocada pela palavra de alguém.

(Obra: Saúde Mental À Luz do Evangelho - Carlos A.Baccelli/Inácio Ferreira)


******

Muitos lutam para alcançar o sol dos esclarecimentos cristãos, outros
preferem buscar na própria terra os seus valores, sem encontrar tempo para
o crescimento da alma.
Todos nós podemos conquistar lutando pela melhoria dos nossos espíritos.

(Obra: Lírios Colhidos - Irene P.Machado/Luiz Sérgio)


******

AVE MARIA
Ave Maria cheia de graça, o Senhor é convosco, bendita sois vós entre as mulheres e bendito é o fruto do vosso ventre Jesus.
Santa Maria, Mãe de Jesus, rogai por nós, pecadores, agora e na hora de nossa morte. Amém.
 
******
 
PAI NOSSO
Pai nosso que estais no Céu, santificado seja o Vosso Nome, venha a nós o Vosso reino, seja feita a Vossa vontade, assim na terra como no Céu. O pão nosso de cada dia nos dai hoje; perdoai-nos as nossas ofensas, assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido, e não nos deixeis cair em tentação, mas livrai-nos do mal. Amém.
 
JESUS

sexta-feira, 20 de março de 2015


DIAS  DIFÍCEIS
 
Há dias que parecem não ter sido feitos para ti.
Amontoam-se tantas dificuldades, inúmeras frustrações e incontáveis 
aborrecimentos, que chegas a pensar que conduzes o globo do mundo sobre os 
ombros dilacerados.
Desde cedo, ao te ergueres do leito, pela manhã, encontras a indisposição 
moral do companheiro ou da companheira, que te arremessa todos os espinhos 
que o mau humor conseguiu acumular ao longo da noite.
Sentes o travo do fel despejado em tua alma, mas crês que tudo se modificará nos momentos seguintes.
Sais à rua, para atender a esse ou àquele compromisso cotidiano, e te 
defrontas com a agrestia de muitos que manejam veículos nas vias públicas e 
que os convertem em armas contra os outros; constatas o azedume do 
funcionário ou do balconista que te atende mal, ou vês o cinismo de 
negociantes que anseiam por te entregar produtos de má qualidade a preços 
exorbitantes, supondo-te imbecil. Mesmo assim, admites que, logo, tudo se 
alterará, melhorando as situações em torno.
Encontras-te com familiares ou pessoas amigas que te derramam sobre a mente 
todo o quadro dos problemas e tragédias que vivenciam, numa enxurrada de 
tormentos, perturbando a tua harmonia ainda frágil, embora não te permitam 
desabafar as tuas angústias, teus dramas ou tuas mágoas represadas na alma. 
Em tais circunstâncias, pensas que deves aguardar que essas pessoas se 
resolvam com a vida até um novo encontro.
São esses os dias em que as palavras que dizes recebem negativa 
interpretação, o carinho que ofereces é mal visto, tua simpatia parece mero 
interesse, tuas reservas são vistas como soberba ou má vontade. Se falas, ou 
se calas, desagradas.
Em dias assim, ainda quando te esforces por entender tudo e a todos, sofres 
muito e a costumeira tendência, nessas ocasiões, é a da vitimação 
automática, quando se passa a desenvolver sentimentos de autopiedade.
No entanto, esses dias infelizes pedem-nos vigilância e prece fervorosa, 
para que não nos percamos nesses cipoais de pensamentos, de sentimentos e de 
atitudes perturbadores.
São dias de avaliação, de testes impostos pelas regentes leis da vida 
terrena, desejosas de que te observes e verifiques tuas ações e reações à 
frente das mais diversas situações da existência.
Quando perceberes que muita coisa à tua volta passa a emitir um som 
desarmônico aos teus ouvidos; se notares que escolhendo direito ou esquerdo 
não escapas da ácida crítica, o teu dever será o de te ajustares ao bom 
senso. Instrui-te com as situações e acumula o aprendizado das horas, 
passando a observar bem melhor as circunstâncias que te cercam, para que 
melhor entendas, para que, enfim, evoluas.

Não te olvides de que ouvimos a voz do MESTRE NAZARENO, há distanciados dois 
milênios, a dizer-nos: No mundo só tereis aflições...

Conhecedores dessa realidade, abrindo a alma para compreende que a cada dia 
basta o seu mal..., tratarás de te recompor, caso tenhas te deixado ferir 
por tantos petardos, quando o ideal teria sido agir como o bambuzal diante 
da ventania. Curvar-se, deixar passar o vendaval, a fim de te reergueres com 
tranqüilidade, passando o momento difícil.
Há de fato, dias difíceis, duros, caracterizando o teu estádio de provações 
indispensáveis ao teu processo de evolução. A ti, porém, caberá erguer a 
fronte buscando o rumo das estrelas formosas, que ao longe brilham, e 
agradecer a DEUS por poderes afrontar tantos e difíceis desafios, 
mantendo-te firme, mesmo assim.
Nos dias difíceis da tua existências, procura não te entregares ao 
pessimismo, nem ao lodo do derrotismo, evitando alimentar todo e qualquer 
sentimento de culpa, que te inspirariam o abandono dos teus compromissos, o que seria teu gesto mais infeliz.
Põe-te de pé, perante quaisquer obstáculos, e sê fiel aos teus labores, aos 
deveres de aprender, servir e crescer, que te trouxeram novamente ao mundo terrestre.
Se lograres a superação suspirada, nesses dias sombrios para ti, terás 
vencido mais um embate no rol dos muitos combates que compõem a pauta da guerra em que a terra se encontra engolfada.
Confia na ação e no poder da luz, que o CRISTO representa, e segue com 
entusiasmo para a conquista de ti mesmo, guardando-te em equilíbrio, seja 
qual for ou como for cada um dos teus dias.

(Mensagem Psicografada em 30.12.2002 - Raul Teixeira / Camilo)


******

Jesus Cristo, o Médico das Almas, curou muitos enfermos, porém tinha a intenção de não apenas regenerar o veículo físico, mas, acima de tudo, queria que os doentes dessem manutenção à cura recebida, transformando suas atitudes e ampliando a luz do conhecimento a fim de consolidar o próprio caminho.
 
(Obra: Conviver e Melhorar - Francisco do Espírito Santo / Batuíra)

******

AVE MARIA
Ave Maria cheia de graça, o Senhor é convosco, bendita sois vós entre as 
mulheres e bendito é o fruto do vosso ventre Jesus.
Santa Maria, Mãe de Jesus, rogai por nós, pecadores, agora e na hora de 
nossa morte. Amém.

******

PAI NOSSO
Pai nosso que estais no Céu, santificado seja o Vosso Nome, venha a nós o 
Vosso reino, seja feita a Vossa vontade, assim na terra como no Céu. O pão 
nosso de cada dia nos dai hoje; perdoai-nos as nossas ofensas, assim como 
nós perdoamos a quem nos tem ofendido, e não nos deixeis cair em tentação, 
mas livrai-nos do mal. Amém.
 
JESUS

quinta-feira, 19 de março de 2015


Caridade e Amor ao Próximo

886 Qual é o verdadeiro sentido da palavra caridade como a entendia Jesus? – Benevolência com todos, indulgência com as imperfeições dos outros, perdão das ofensas.
  
O amor e a caridade são o complemento da lei de justiça, porque amar ao próximo é fazer todo o bem que está ao nosso alcance e que gostaríamos que nos fosse feito. Esse é o sentido das palavras de Jesus: “Amai-vos uns aos outros como irmãos”.
A caridade, para Jesus, não se limita à esmola. Ela abrange todas as relações com nossos semelhantes, sejam inferiores, iguais ou superiores. Ensina a indulgência, porque temos necessidade dela, e não nos permite humilhar os outros, ao contrário do que muitas vezes se faz. Se uma pessoa rica nos procura, temos por ela mil atenções, mil amabilidades; se é pobre, parece não haver necessidade de nos incomodar. Porém, quanto mais lastimável sua posição, mais se deve respeitar, sem nunca aumentar sua infelicidade pela humilhação. O homem verdadeiramente bom procura elevar o inferior aos seus próprios olhos, diminuindo a distância entre ambos. 
 

887 Jesus também disse: “Amai até mesmo os inimigos”. Porém, o amor aos inimigos não é contrário às nossas tendências naturais? A inimizade não provém da falta de simpatia entre os Espíritos?– Sem dúvida, não se pode ter pelos inimigos um amor terno e apaixonado; não foi o que Jesus quis dizer. Amar aos inimigos é perdoar e pagar o mal com o bem. Agindo assim nos tornamos superiores a eles; pela vingança, nos colocamos abaixo deles.
 
(O Livro dos Espíritos - Perguntas 886 e 887)
 
 
******
 
Não esperemos ser ofendidos para perdoar, pois a árvore do perdão, o tempo todo, 
deve estar sempre carregada de frutos.
 
(Obra: Saúde Mental À Luz do Evangelho - Carlos A. Baccelli / Inácio Ferreira)
 
 
******
 
AVE MARIA

Ave Maria cheia de graça, o Senhor é convosco, bendita sois vós entre as mulheres e bendito é o fruto do vosso ventre Jesus.
Santa Maria, Mãe de Jesus, rogai por nós, pecadores, agora e na hora de nossa morte. Amém.
 
******
 
PAI NOSSO
Pai nosso que estais no Céu, santificado seja o Vosso Nome, venha a nós o Vosso reino, seja feita a Vossa vontade, assim na terra como no Céu. O pão nosso de cada dia nos dai hoje; perdoai-nos as nossas ofensas, assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido, e não nos deixeis cair em tentação, mas livrai-nos do mal. Amém.
 
JESUS

quarta-feira, 18 de março de 2015


ANOTAÇÕES DE AMIGO
 

Enquanto na vida terrestre, em muitas ocasiões, chega um dia em que reconhecemos não haver amado bastante, e sofremos por isso...
Por semelhante razão é que nos empenhamos a dizer-te, - nós, os amigos que já fomos desligados do corpo físico, - que, se te dispões a fazer o bem ao próximo, ainda que estejas na melhor forma de saúde, aproveita o tempo para fazer isso agora porque hoje é mais tarde do que pensas.
 
(Obra: Nós - Chico Xavier/Emmanuel)
 
 
******
 
Refaça, portanto, os conceitos em torno da hora presente e seja aquele que coloca,
ao lado dos construtores da Humanidade melhor e feliz, os alicerces do amanhã
venturoso, restaurando desde agora os dias de Jesus Cristo entre as criaturas.
 
(Obra: Depoimentos Vivos - Divaldo P.Franco/Pedro Richard)
 
 
******
 
AVE MARIA
Ave Maria cheia de graça, o Senhor é convosco, bendita sois vós entre as mulheres e bendito é o fruto do vosso ventre Jesus.
Santa Maria, Mãe de Jesus, rogai por nós, pecadores, agora e na hora de nossa morte. Amém.
 
******
 
PAI NOSSO
Pai nosso que estais no Céu, santificado seja o Vosso Nome, venha a nós o Vosso reino, seja feita a Vossa vontade, assim na terra como no Céu. O pão nosso de cada dia nos dai hoje; perdoai-nos as nossas ofensas, assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido, e não nos deixeis cair em tentação, mas livrai-nos do mal. Amém.
 
JESUS

terça-feira, 17 de março de 2015


A ALEGRIA
 
A alegria começa no indivíduo, no momento em que ele se põe ansioso por propiciar felicidade aos outros.

Não se pode esquecer que, na memorável quão iluminativa expressão do Santo de Assis, é no ato de ofertar que o homem recebe, indubitavelmente. 
Entretanto, o conceito de oferenda toma nova forma com Jesus e com a mensagem do Seu Evangelho, de vez que na doação de elementos passageiros, ajuntam-se as energias, as vibrações indestrutíveis oferecidas pela alma, na externalização do júbilo espiritual. 
No pão que sacia a fome, quanto no amplexo que aproxima, eis a alegria. 
Na dose de remédio como na vestimenta que agasalha, temos a alegria. 
No carinho com que se cativa ou firmeza com que se orienta e corrige, vemos a alegria. 
Alegria é franca exposição do amor de Deus, que se apresenta por meio dos filhos que se dispõem à oferta de si mesmos, como alguém que anela por ser como o óleo na lanterna que clareará o porvir, ou como o fermento de bênçãos a levedar a massa dos corações, na estrada da vida. 
Você que afirma estar em busca de amor, engaje-se nele e doe alegria. 
 
 
(Obra: Rosângela - Psicografia de J. Raul Teixeira/Espírito Rosângela)
 
 
******
 
A esperança acende a esperança.
A bondade cria a bondade.
O amor estende o amor.
 
(Obra: Monte Acima - Chico Xavier/Emmanuel)
 

 
******
 

AVE MARIA
Ave Maria cheia de graça, o Senhor é convosco, bendita sois vós entre as mulheres e bendito é o fruto do vosso ventre Jesus.
Santa Maria, Mãe de Jesus, rogai por nós, pecadores, agora e na hora de nossa morte. Amém.
 

******

PAI NOSSO
Pai nosso que estais no Céu, santificado seja o Vosso Nome, venha a nós o Vosso reino, seja feita a Vossa vontade, assim na terra como no Céu. O pão nosso de cada dia nos dai hoje; perdoai-nos as nossas ofensas, assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido, e não nos deixeis cair em tentação, mas livrai-nos do mal. Amém.
 
JESUS