terça-feira, 30 de abril de 2013


OS QUE TE INVEJAM
 
Muitos daqueles que te invejam não sabem que te invejam o peso da cruz;
as tuas grandes lutas que desconhecem;
as acerbas provações que suportas em silêncio;
as fragilidades que, tantas vezes, te fazem sucumbir;
as lágrimas que vertes às escondidas;
os conflitos íntimos que disfarças com melancólico sorriso;
os dramas de consciência que não podes compartilhar com ninguém;
os andrajos que te cobrem o espírito necessitado de paz;
os tormentos cotidianos que te abeiram do desequilíbrio;
os assédios aos quais resistes, mercê do amparo da Divina Misericórdia;
a solidão em que vives, embora sempre rodeado de tanta gente...
Os que te invejam não sabem!...


(Obra: Dias Melhores - Carlos A.Baccelli/Irmão José)
 
 
******

"A desilusão de agora, será benção depois."
 
(Chico Xavier)

 
 
******

AVE MARIA
Ave Maria cheia de graça, o Senhor é convosco, bendita sois vós entre as
mulheres e bendito é o fruto do vosso ventre Jesus.
Santa Maria, Mãe de Jesus, rogai por nós, pecadores, agora e na hora de
nossa morte. Amém.

 
******

PAI NOSSO
Pai nosso que estais no Céu, santificado seja o Vosso Nome, venha a nós o
Vosso reino, seja feita a Vossa vontade, assim na terra como no Céu. O pão
nosso de cada dia nos dai hoje; perdoai-nos as nossas ofensas, assim como
nós perdoamos a quem nos tem ofendido, e não nos deixeis cair em tentação,
mas livrai-nos do mal. Amém.

 
JESUS

segunda-feira, 29 de abril de 2013


BENEFICÊNCIA E PACIÊNCIA

“A caridade é paciente e benigna...” – Paulo 
(I CORÍNTIOS, 13:4.)

Beneficência, sim, para com todos: 
Prato dividido. 
Veste aos nus. 
Remédio aos doentes. 
Asilo aos que vagueiam sem teto. 
Proteção à criança sem teto. 
Auxílio ao ancião em desvalimento. 
Socorro às viúvas. 
Refúgio aos indigentes. 
Consolo aos tristes. 
Entretanto, é preciso estender a bondade igualmente noutros setores: 
Compreensão em família. 
Trabalho sem queixa. 
Cooperação sem atrito. 
Pagamento sem choro. 
Atenção a quem fale, ainda mesmo sem qualquer propósito edificante. 
Respeito aos problemas dos outros. 
Serenidade às provocações. 
Tolerância para com as idéias alheias. 
Gentileza na rua. 
A beneficência pode efetuar prodígios, levantando a generosidade e conquistando a 
gratidão; contudo, em nome da caridade, toda beneficência, para completar-se, não pode
viver sem a paciência.

(Obra: Palavras de Vida Eterna - Chico Xavier/Emmanuel)


******

Fora Da Caridade Não Há Salvação.

(Allan Kardec - O Evangelho Segundo o Espiritismo - Capítulo XV)


******

AVE MARIA
Ave Maria cheia de graça, o Senhor é convosco, bendita sois vós entre as mulheres e bendito é o fruto do vosso ventre Jesus.
Santa Maria, Mãe de Jesus, rogai por nós, pecadores, agora e na hora de nossa morte. Amém.
 
******

PAI NOSSO
Pai nosso que estais no Céu, santificado seja o Vosso Nome, venha a nós o Vosso reino, seja feita a Vossa vontade, assim na terra como no Céu. O pão nosso de cada dia nos dai hoje; perdoai-nos as nossas ofensas, assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido, e não nos deixeis cair em tentação, mas livrai-nos do mal. Amém.

JESUS

sexta-feira, 26 de abril de 2013


ANJO DA GUARDA

Todos temos um desses gênios tutelares que nos inspira nas horas difíceis e
nos dirige pelo bom caminho.
Daí a poética tradição cristã do Anjo da Guarda.
Não há concepção mais grata e consoladora.
Saber que temos um amigo fiel e sempre disposto a nos socorrer, de perto 
como de longe, nos influenciando a grandes distâncias ou se conservando
junto de nós nas provações; saber que ele nos aconselha por intuição e nos
aquece com seu amor, eis uma fonte inapreciável de força moral.
O pensamento de que testemunhas benévolas e invisíveis vêem todos os nossos 
atos, regozijando-se ou entristecendo-se, deve inspirar-nos mais sabedoria e
circunspeção.
É por essa proteção oculta que se fortificam os laços de solidariedade que 
ligam o mundo celeste à Terra, o Espírito livre ao homem, Espírito
prisioneiro da carne.
É por essa assistência contínua que se criam, de um a outro lado, as 
simpatias profundas, as amizades duradouras e desinteressadas.
O amor que anima o espírito elevado vai pouco a pouco se estendendo a todos 
os seres sem cessar, revertendo tudo para Deus, pais das almas, foco de todas as potências efetivas.

(Obra: Depois da Morte - Léon Denis)


* * * * * *

Oração
 
14. - Espíritos bem-amados, anjos guardiães que, com a permissão de Deus, pela sua infinita misericórdia, velais sobre os homens, sede nossos protetores nas provas da vida terrena. Dai-nos força, coragem e resignação; inspirai-nos tudo o que é bom, detende-nos no declive do mal; que a vossa bondosa influência nos penetre a alma; fazei sintamos que um amigo devotado está ao nosso lado, que vê os nossos sofrimentos e partilha das nossas alegrias. 
E tu, meu bom anjo, não me abandones. Necessito de toda a tua proteção, para suportar com fé e amor as provas que praza a Deus enviar-me. 
 
(O Evangelho Segundo o Espiritismo - Capítulo XXVIII)
 


* * * * * *

AVE MARIA


Ave Maria cheia de graça, o Senhor é convosco, bendita sois vós entre as mulheres e bendito é o fruto do vosso ventre Jesus.
Santa Maria, Mãe de Jesus, rogai por nós, pecadores, agora e na hora de 
nossa morte. Amém.


* * * * * *

PAI NOSSO


Pai nosso que estais no Céu, santificado seja o Vosso Nome, venha a nós o 
Vosso reino, seja feita a Vossa vontade, assim na terra como no Céu. O pão 
nosso de cada dia nos dai hoje; perdoai-nos as nossas ofensas, assim como 
nós perdoamos a quem nos tem ofendido, e não nos deixeis cair em tentação, 
mas livrai-nos do mal. Amém.

JESUS

quinta-feira, 25 de abril de 2013


A Beneficência
 
15. Meus caros amigos, todos os dias ouço entre vós dizerem: "Sou pobre, não posso fazer a caridade", e todos os dias vejo que faltais com a indulgência aos vossos semelhantes. Nada lhes perdoais e vos arvorais em juizes muitas vezes severos, sem quererdes saber se ficaríeis satisfeitos que do mesmo modo procedessem convosco. Não é também caridade a indulgência? Vós, que apenas podeis fazer a caridade praticando a indulgência, fazei-a assim, mas fazei-a largamente. Pelo que toca à caridade material, vou contar-vos uma história do outro mundo.
Dois homens acabavam de morrer. Dissera Deus: Enquanto esses dois homens viverem, deitar-se-ão em sacos diferentes as boas ações de cada um deles, para que por ocasião de sua morte sejam pesadas. Quando ambos chegaram aos últimos momentos, mandou Deus que lhe trouxessem os dois sacos. Um estava cheio, volumoso, atochado, e nele ressoava o metal que o enchia; o outro era pequenino e tão vazio que se podiam contar as moedas que continha. Este o meu, disse um, reconheço-o; fui rico e dei muito. Este o meu, disse o outro, sempre fui pobre, oh! quase nada tinha para repartir. Mas, oh! surpresa! postos na balança os dois sacos, o mais volumoso se revelou leve, mostrando-se pesado o outro, tanto que fez se elevasse muito o primeiro no prato da balança. Deus, então, disse ao rico: deste muito, é certo, mas deste por ostentação e para que o teu nome figurasse em todos os templos do orgulho e, ao demais, dando, de nada te privaste. Vai para a esquerda e fica satisfeito com o te serem as tuas esmolas, contadas por qualquer coisa. Depois, disse ao pobre: Tu deste pouco, meu amigo; mas, cada uma das moedas que estão nesta balança representa uma privação que te impuseste; não deste esmolas, entretanto, praticaste a caridade, e, o que vale muito mais, fizeste a caridade naturalmente, sem cogitar de que te fosse levada em conta; foste indulgente; não te constituíste juiz do teu semelhante; ao contrário, todas as suas ações lhe relevaste: passa à direita e vai receber a tua recompensa. -Um Espírito protetor. (Lião, 1861.) 

 
(O Evangelho Segundo o Espiritismo - Capítulo XIII)
 
 
******
 
Mas o fruto do Espírito é: amor, alegria, paz, caridade, bondade, fé, paciência, fidelidade.
 
(Bíblia Sagrada - Gálatas - 5:22)
 
 
******
 
AVE MARIA

Ave Maria cheia de graça, o Senhor é convosco, bendita sois vós entre as mulheres e bendito é o fruto do vosso ventre Jesus.
Santa Maria, Mãe de Jesus, rogai por nós, pecadores, agora e na hora de nossa morte. Amém.
 
******

PAI NOSSO
Pai nosso que estais no Céu, santificado seja o Vosso Nome, venha a nós o Vosso reino, seja feita a Vossa vontade, assim na terra como no Céu. O pão nosso de cada dia nos dai hoje; perdoai-nos as nossas ofensas, assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido, e não nos deixeis cair em tentação, mas livrai-nos do mal. Amém.
 
JESUS

quarta-feira, 24 de abril de 2013



A ASCENDÊNCIA DO EVANGELHO

Nenhuma expressão fornece imagem mais justa do poder d’Aquele a quem todos os espíritos
da Terra rendem culto do que a de João, no seu Evangelho – “No princípio era o Verbo...”


Jesus, cuja perfeição se perde na noite imperscrutável das eras, personificando a sabedoria e
o amor, tem orientado todo o desenvolvimento da Humanidade terrena, enviando os seus
iluminados mensageiros, em todos os tempos, aos agrupamentos humanos e, assim como
presidiu à formação do orbe, dirigindo, como Divino Inspirador, a quantos colaboraram na
tarefa da elaboração geológica do planeta e da disseminação da vida em todos os
laboratórios da Natureza, desde que o homem conquistou a racionalidade, vem-lhe
fornecendo a idéias da sua divina origem, o tesouro das concepções de Deus e da
imortalidade do espírito, revelando-lhe, em cada época, aquilo que a sua compreensão pode
abranger.
Em tempos remotos, quando os homens, fisicamente, pouco dessemelhavam dos
antropopitecos, suas manifestações de religiosidade eram as mais bizarras, até que,
transcorridos os anos, no labirinto dos séculos, vieram entre as populações do orbe os
primeiros organizadores do pensamento religioso que, de acordo com a mentalidade geral,
não conseguiram escapar das concepções de ferocidade que caracterizavam aqueles seres
egressos do egoísmo animalesco da irracionalidade. Começaram aí os primeiros sacrifícios
de sangue aos ídolos de cada facção, crueldades mais longínquas que as praticadas nos
tempo de Baal, das quais tendes notícia pela História.


AS TRADIÇÕES RELIGIOSAS
Vamos encontrar, historicamente, as concepções mais remotas da organização religiosa na
civilização chinesa, nas tradições da índia védica e bramânica, de onde também se irradiaram
as primeiras lições do culto dos mortos, na civilização resplandecente dos faraós, na Grécia
com os ensinamentos órficos e com a simbologia mitológica, existindo já grandes mestres,
isolados intelectualmente das massas, a quem ofereciam os seus ensinos exóticos,
conservando o seu saber de iniciados no círculo restrito daqueles que os poderiam
compreender devidamente.


OS MISSIONÁRIOS DO CRISTO
Fo-Hi, os compiladores dos Vedas, Confúcio, Hermes, Pitágoras, Gautama, os seguidores
dos mestres da antiguidade, todos foram mensageiros de sabedoria que, encarnando em
ambientes diversos, trouxeram ao mundo a idéia de Deus e das leis morais a que os homens
se devem submeter para a obtenção de todos os primores da evolução espiritual. Todos
foram mensageiros dAquele que era o Verbo do Princípio, emissários da sua doutrina de
amor. Em afinidade com as características da civilização e dos costumes de cada povo, cada
um deles foi portador de uma expressão do “amai-vos uns aos outros”. Compelidos, em razão
do obscurantismo dos tempos, a revestir seus pensamentos com os véus misteriosos dos
símbolos, como os que se conheciam dentro dos rigores iniciáticos, foram os missionários do
Cristo preparadores dos seus gloriosos caminhos.

 
(Obra: Emmanuel - Chico Xavier / Emmanuel)
 
 

******
 
Disse-lhe Tomé: Senhor, nós não sabemos para onde vais; e como podemos saber o caminho?
Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim.
Se vós me conhecêsseis a mim, também conheceríeis a meu Pai; e já desde agora o conheceis, e o tendes visto.

 
(Bíblia Sagrada - João 14:5,6 e 7)
 
 

******
 
AVE MARIA

Ave Maria cheia de graça, o Senhor é convosco, bendita sois vós entre as mulheres e bendito é o fruto do vosso ventre Jesus.
Santa Maria, Mãe de Jesus, rogai por nós, pecadores, agora e na hora de nossa morte. Amém.
 
******
 
PAI NOSSO
Pai nosso que estais no Céu, santificado seja o Vosso Nome, venha a nós o Vosso reino, seja feita a Vossa vontade, assim na terra como no Céu. O pão nosso de cada dia nos dai hoje; perdoai-nos as nossas ofensas, assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido, e não nos deixeis cair em tentação, mas livrai-nos do mal. Amém.

terça-feira, 23 de abril de 2013


EM SEUS FILHOS E NETOS

"Pois nada está oculto, senão para ser manifesto; e nada se faz escondido senão
 para ser revelado."  - Marcos, cap. 4 - v. 22
 
São muitas as pessoas que se especializam em vasculhar a vida alheia.
No intuito de ocultar as suas, querem expor, de público, as feridas morais que dizem
respeito às outras.
Não nos iludamos, porém. Um dia, tudo o que pretendemos esconder em nós, há,
espontaneamente, de se revelar. E, então, clamaremos por complacência no
julgamento de que formos alvo.
Jesus, no texto em análise, não se referia apenas à revelação da Verdade pela Ciência,
que, gradativamente, solucionará os enigmas da vida no Universo.
O sentindo profundo de suas palavras encontra aplicação em nosso mundo moral.
Sendo assim, não nos façamos agentes da desventura do próximo, espalhando conversas
sobre assuntos que, mesmo correspondendo à realidade, não nos cabe divulgar com o
propósito de desmerecê-lo.
Sejamos benevolentes para com as fraquezas de nossos semelhantes, recordando que,
não raro, o que censuramos em outros é passível de censura muito maior em nós mesmos.
Os que se empenham em destruir a vida de quem seja não sabem que trabalham na
destruição da sua.
Tudo, de bem ou de mal, que fazemos ao próximo, fazemos a nós, como, possivelmente,
também àqueles que mais amamos. Sim, porque o pensamento é irresistível força, atraindo
para o campo de nossa vida todos os acontecimentos, positivos ou negativos, que desejamos
aos outros. Quando não em si, muitos recebem de volta, em seus filhos e netos, a alegria
ou a tristeza, a vitória ou a derrota que fizeram questão de exaltar em alguém.


(Obra: Saúde Mental À Luz do Evangelho - Carlos A.Baccelli/Inácio Ferreira)


******

Nesse sentido, o Evangelho de Jesus é um excelente tratado de psicoterapia, cuja aplicação resultará em bem-estar e harmonia.
Toda a mensagem de Jesus é vazada no conhecimento profundo do homem, considerando sua realidade transpessoal, na qual ressaltam o Espírito e sua condição de imortalidade.

(Obra: Momentos Enriquecedores - Divaldo P.Franco/Joanna de Ângelis)


******

AVE MARIA
Ave Maria cheia de graça, o Senhor é convosco, bendita sois vós entre as mulheres e bendito é o fruto do vosso ventre Jesus.
Santa Maria, Mãe de Jesus, rogai por nós, pecadores, agora e na hora de nossa morte. Amém.

******

PAI NOSSO
Pai nosso que estais no Céu, santificado seja o Vosso Nome, venha a nós o Vosso reino, seja feita a Vossa vontade, assim na terra como no Céu. O pão nosso de cada dia nos dai hoje; perdoai-nos as nossas ofensas, assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido, e não nos deixeis cair em tentação, mas livrai-nos do mal. Amém.

JESUS

segunda-feira, 22 de abril de 2013


DEFINIR

Jesus ensinou-nos que o reino dos céus está dentro de nós. Indispensável que
a reflexão e a alegria de viver nos facultem um estado de plenitude.
O Mestre, sendo um Espírito perfeito, não escolheu tarefa para executar,  não
procurou destaque na sociedade, evitou receber quaisquer homenagens.  E
mesmo quando, entrando em Jerusalém, foi saudado pelos ramos que celebravam
vitórias, manteve-se discretamente montado sobre um jumento que pisava os
tecidos que eram colocados no piso por onde Ele passava...
Convivendo com os mais pobres, fez-se simples e despojado, a fim de não os
humilhar, nem lhes provocar inveja.
Dialogando com os humildes de coração, falou-lhes uma linguagem desataviada,
utilizando-se de imagens populares, quais o grão de mostarda, a pérola, a palha
do campo, os talentos, as lâmpadas de azeite, as redes do mar, com elas tecendo
a mais bela página do pensamento filosófico de que se tem notícia.
Nunca selecionou serviço a fazer, havendo atendido enfermos do corpo, da emoção,
da mente, todos doentes da alma, para demonstrar a excelência da saúde interior e
da perfeita integração espírito-mente-corpo, sugerindo sempre a necessidade de
cada um evitar o erro, de não se comprometer negativamente com nada,  de
auto-superar-se.
Encorajou o perdão e a pureza de coração, vivendo-os integralmente em todos os
momentos da Sua trajetória.
Todo o Seu ministério foi realizado em clima de naturalidade e despojamento de
aparências, por isso mesmo, insuperável.
Começando-o em modesta estrebaria, encerrou-o numa cruz, prosseguindo em
iridescente madrugada que prossegue até hoje derramando claridade nas noites
morais da humanidade e nas sombras densas dos corações medrosos.
Toma-O como exemplo.
Ele se entregou ao Pai em total confiança, e jamais foi desamparado.
Faze o mesmo.

(Obra: Nascente de Bençãos - Divaldo Franco/Joanna de Ângelis)


******

Não elejas realizações pelo brilho ou pela projeção que te possam oferecer, mas
pela oportunidade de contribuíres em favor do progresso da humanidade, assim
como em teu próprio benefício.
Sempre há lugar e oportunidade para quem deseja trabalhar pelo bem.
Toma a charrua do Evangelho e sai a lavrar a terra dos corações.
Jesus te espera.

(Obra: Nascente de Bençãos - Divaldo Franco/Joanna de Ângelis)


******

AVE MARIA
Ave Maria cheia de graça, o Senhor é convosco, bendita sois vós entre as mulheres e bendito é o fruto do vosso ventre Jesus.
Santa Maria, Mãe de Jesus, rogai por nós, pecadores, agora e na hora de nossa morte. Amém.

******

PAI NOSSO
Pai nosso que estais no Céu, santificado seja o Vosso Nome, venha a nós o Vosso reino, seja feita a Vossa vontade, assim na terra como no Céu. O pão nosso de cada dia nos dai hoje; perdoai-nos as nossas ofensas, assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido, e não nos deixeis cair em tentação, mas livrai-nos do mal. Amém.

JESUS

sexta-feira, 19 de abril de 2013


As palavras de Chico Xavier estão sempre revestidas de luz, descortinando novos caminhos para os nossos passos ... Ele é uma fonte inesgotável de bênçãos, dessedentando os corações cansados de sofrer no vale das provações humanas ... Por isto, quando ele fala, todas as vozes se emudecem e todos os vidos se aguçam, a fim de guardar-lhe os ensinamentos nos escrínios da própria alma.
Recordo-me de que, há muito tempo, uma mãe aflita, ao debruçar-se-lhe sobre os ombros, indagou em lágrimas:

"Chico, o que vou fazer agora da minha vida?! ... Perdi os meus filhos, Chico, num desastre ... Morreram os dois ... A minha dor é terrível ... Estou desesperada ..."

O episódio nos comovia a todos, no "Grupo Espírita da Prece", em Uberaba.

Fitando-a com os olhos igualmente repletos de lágrimas, o incansável servo do Cristo lhe respondeu:

-"Filha, o nosso Emmanuel sempre me diz que a aceitação de nossos problemas, sejam eles quais forem, representa cinqüenta por cento da solução dos mesmos; os outros cinqüenta por cento vêm com o tempo ... Tenhamos paciência e fé, pois não estamos desamparados pela Bondade Divina."

Bastou que ouvisse estas palavras do Chico, para que aquela senhora se acalmasse em uma cadeira próxima, começando a refletir sobre os Desígnios de Deus.
De nossa parte, ficamos também, em silêncio, a meditar na grandeza da lição daquela hora, a respeito da aceitação do sofrimento, perguntando a nós mesmos quantas dores maiores poderíamos evitar, se nos resignássemos antes as dores aparentemente sem remédio que nos visitam no cotidiano ...


(Obra: Chico Xavier, Mediunidade e Ação - Carlos A.Baccelli)

quinta-feira, 18 de abril de 2013

Escolha das provas

258) Na espiritualidade, antes de começar uma nova existência corporal, o Espírito tem consciência e previsão das coisas que acontecerão durante sua vida? 
– Ele mesmo escolhe o gênero de provas que quer passar. Nisso consiste seu livre-arbítrio. 
 
258a) Então não é Deus que impõe os sofrimentos da vida como castigo? 
– Nada acontece sem a permissão de Deus, que estabeleceu todas as leis que regem o universo. Perguntareis, então, por que Ele fez esta lei em vez daquela. Ao dar ao Espírito a liberdade de escolha, deixa-lhe toda a responsabilidade de seus atos e de suas conseqüências, nada impede seu futuro; o caminho do bem está à frente dele, assim como o do mal. Mas, se fracassa, resta-lhe uma consolação: nem tudo está acabado para ele. Deus, em sua bondade, deixa-o livre para recomeçar, reparando o que fez de mal. É preciso, aliás, distinguir o que é obra da vontade de Deus e o que é obra do homem. Se um perigo vos ameaça, não fostes vós que o criastes, foi Deus; mas tendes a liberdade de vos expor a ele, por terdes visto aí um meio de adiantamento, e Deus o permitiu.
 
259) Se o Espírito tem a escolha do gênero de prova que deve passar, todas as dificuldades que experimentamos na vida foram previstas e escolhidas por nós? 
– Todas não é a palavra, porque não se pode dizer que escolhestes e previstes tudo que vos acontece neste mundo, até nas menores coisas. Vós escolhestes os gêneros das provas; os detalhes são conseqüência da situação em que viveis e, freqüentemente, de vossas próprias ações. Se o Espírito quis nascer entre criminosos, por exemplo, sabia dos riscos a que se exporia, mas não tinha conhecimento dos atos que viria a praticar; esses atos são efeito de sua vontade ou de seu livre-arbítrio. O Espírito sabe que, ao escolher um caminho, terá uma luta a suportar; sabe a natureza e a diversidade das coisas que enfrentará, mas não sabe quais os acontecimentos que o aguardam. Os detalhes dos acontecimentos nascem das circunstâncias e da força das coisas. Somente os grandes acontecimentos que influem na vida estão previstos. Se seguis um caminho cheio de sulcos profundos, sabeis que deveis tomar grandes precauções, porque tendes a probabilidade de cair, mas não sabeis em qual deles caireis; pode ser que a queda não aconteça, se fordes prudente o bastante. Se, ao passar na rua, uma telha cai na vossa cabeça, não acrediteis que estava escrito, como se diz vulgarmente.
 
(O Livro dos Espíritos - Perguntas 258,258a,259)
 
 
******
 
Desde que aí se notam a inteligência e a moralidade em todos os graus, desde a selvajaria que beira o animal até a mais adiantada civilização, é evidente que esse mundo constituí um vasto campo de progresso Por que haveria o selvagem de ir procurar alhures o grau de progresso logo acima do em que ele está, quando esse grau se lhe acha ao lado e assim sucessivamente? Por que não teria podido o homem adiantado fazer os seus primeiros estágios senão em mundos inferiores, quando ao seu derredor estão seres análogos aos desses mundos? quando, não só de povo a povo, mas no seio do mesmo povo e da mesma família, há diferentes graus de adiantamento? Se fosse assim, Deus houvera feito coisa inútil, colocando lado a lado a ignorância e o saber, a barbaria e a civilização, o bem e o mal, quando precisamente esse contacto é que faz que os retardatários avancem.
 
(A Gênese - Allan Kardec - Capítulo XI)
 
 
******
 
AVE MARIA
Ave Maria cheia de graça, o Senhor é convosco, bendita sois vós entre as mulheres e bendito é o fruto do vosso ventre Jesus.
Santa Maria, Mãe de Jesus, rogai por nós, pecadores, agora e na hora de nossa morte. Amém.
 
******
 
PAI NOSSO
Pai nosso que estais no Céu, santificado seja o Vosso Nome, venha a nós o Vosso reino, seja feita a Vossa vontade, assim na terra como no Céu. O pão nosso de cada dia nos dai hoje; perdoai-nos as nossas ofensas, assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido, e não nos deixeis cair em tentação, mas livrai-nos do mal. Amém.
 
JESUS

quarta-feira, 17 de abril de 2013

Libertar

Jesus conhecia a psique humana em profundidade, os seus abismos, as suas
heranças, os seus equívocos, as suas incertezas, todos os seus meandros, e
porque identificava naqueles que O seguiam os tormentos que os infelicitavam,
apresentou na parábola do Filho Pródigo o eficiente processo psicoterapêutico
para as gerações do futuro, de forma que, em todas as épocas porvindouras,
o amor e a compaixão, libertando dos traumas e dos ressentimentos,
contribuíssem para a plenificação interior dos indivíduos.
A parábola do Filho Pródigo é um manancial de informações psicológicas
profundas, guardando um tesouro de símbolos e significados que merecem
cuidadosa análise, a fim de retirar-se do seu conteúdo as lições de paz e de
saúde necessárias para uma existência rica e abençoada.

(Obra: Em Busca da Verdade - Divaldo Franco/Joanna de Ângelis)


******

A crença em Deus, o conhecimento de Jesus, não mais como arquétipos, mas
sim, como realidades que transcendem a compreensão imediata do ego e que
se encontram ínsitos no Self, proporciona ilimitada satisfação de viver e de
lutar, por poder-se considerar a grandeza do Homem de Nazaré e as Suas
vitórias incessantes como exemplo para todos, representando a saúde integral.

(Obra: Em Busca da Verdade - Divaldo Franco/Joanna de Ângelis)


******

AVE MARIA
Ave Maria cheia de graça, o Senhor é convosco, bendita sois vós entre as mulheres e bendito é o fruto do vosso ventre Jesus.
Santa Maria, Mãe de Jesus, rogai por nós, pecadores, agora e na hora de nossa morte. Amém.

******

PAI NOSSO
Pai nosso que estais no Céu, santificado seja o Vosso Nome, venha a nós o Vosso reino, seja feita a Vossa vontade, assim na terra como no Céu. O pão nosso de cada dia nos dai hoje; perdoai-nos as nossas ofensas, assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido, e não nos deixeis cair em tentação, mas livrai-nos do mal. Amém.

JESUS

terça-feira, 16 de abril de 2013


AMOR E PAIXÃO
 
Há algum tempo, em seguida ao triste acontecimento do Edifício Joelma,
na Cidade de São Paulo, estavamos as despedidas com o querido Chico,
após longas horas de seu abençoado trabalho no Espiritismo Cristão.
 
Do lado de fora, nas calçadas da Comunhão Espírita-Cristã, uma jovem,
mal saída da adolescência, segura-lhe a mão e pergunta-lhe, emocionada:
 
- Chico! O que é o amor? E o que é a paixão? ...
 
Com um sorriso amigo, surpreso pela pergunta da menina-moça, o médium respondeu:
 
- Minha filha! O amor?! ... O amor é o lume do fogão que aquece a água para lavar a
fralda do nenê, para esquentar o leite da mamadeira, cozer o alimento, fazer a sopinha...
A paixão... Ela é o fogo destruidor; a paixão é o "Joelma".
 
Vimos brilhar os olhos daquela bela criaturinha, agradecida pela sábia resposta.
 
Ela despreendeu-se de seus braços, beijou-lhe a mão e retirou-se feliz...
 


(Obra: Encontros com Chico Xavier - De Cezar Carneiro de Souza)

segunda-feira, 15 de abril de 2013


O Trabalhador e Jesus

Em verdade, esses são dias de confusões na alma do mundo, causando dificuldades na ação do bem.
Jesus, contudo, já houvera asseverado que, na Terra, a alma humana só encontraria aflições. Há sombras que se avolumam no cerne dos seres, promovendo a sanha da violência e do crime em toda parte.
Mas, Jesus afirmara que tanto o homem bom quanto o mau retiravam os fundamentos das suas obras dos próprios corações.
Esses são tempos nos quais identificamos a devastadora atividade do materialismo e a impertinência de interesses egoísticos que espalham a miséria da guerra.
Entretanto, Jesus estabeleceu que seriam bem-aventurados os pacificadores.
Um agigantado número de indivíduos, doentes e necessitados de variados matizes, num mundo de bilhões de almas, ainda sofre a tortura da desconsideração e do abandono.
Porém, é bom recordar a ação de Jesus, considerando que Ele afirmou não ter vindo para os sãos e sim para os enfermos. Vê-se a hipocrisia que se amplia nos arraiais planetários, levando ao engano, à ilusão, numerosas criaturas, que se entregam inermes à falácia de tantos que, de fala fácil, convincente e de corações ensombrados, esmeram-se por triunfar no imediatismo do mundo.
Jesus, no entanto, advertiu para que tivéssemos cuidados com os falsos profetas, disseminados aqui e ali.
Localizam-se atitudes antifraternais, expressas por meio de intrigas, de agressões de vários tipos, de ignomínias que estabelecem comprometimentos infelizes, provocando muito sofrimento e muita frustração desalentadores.
Mas, Jesus explicou que se O levaram à praça do escárnio e ao madeiro infamante, Ele que era o ramo verde, o que é que devem esperar as varas secas que nós representamos? Às vezes, o desalento ronda a trajetória dos servos do bem, em razão de tantas e exaustivas pelejas com que se defrontam, como se carregassem o peso do mundo sobre os ombros cansados.
Porém, vale não olvidar a recomendação de Jesus: Tende bom ânimo!
Sejam, então, quais forem os problemas que se apresentem nos passos do teu caminho terreno, caro amigo, quaisquer que sejam os desafios que se insurjam na tua rota evolutiva, seja em teu próprio íntimo, no relacionamento familiar ou nas lidas da seara em que trabalhas a tua fé, terás em Jesus Cristo o ancoradouro seguro para o coração, a orientação e o conforto moral de que necessites. Nele encontrarás sempre as respostas às tuas inquietações, a fim de que não te alarmes, não te atormentes, mas para que possas seguir caminho afora, superando as deficiências em torno de ti, cumprindo a parte que te cabe cumprir na cooperação com a Obra de Deus, sob a claridade do Consolador.

(Mensagem Psicografada por Raul Teixeira pelo Espírito Guilherme March em 20.11.2004 em Brasilia - DF)
 

******

A faculdade de escolha entre o bem e o mal nos pertence, como igualmente nos pertence a inteira
responsabilidade da opção efetuada.
O Mestre, hora alguma, nos engana com falsas promessas. Em mais de uma oportunidade, enfatiza
que tomar a iniciativa de acompanhá-lo não é fácil.

(Obra: Saúde Mental À Luz do Evangelho - Carlos A. Baccelli/Inácio Ferreira)
 

******

AVE MARIA
Ave Maria cheia de graça, o Senhor é convosco, bendita sois vós entre as mulheres e bendito é o fruto do vosso ventre Jesus.
Santa Maria, Mãe de Jesus, rogai por nós, pecadores, agora e na hora de nossa morte. Amém.

******

PAI NOSSO
Pai nosso que estais no Céu, santificado seja o Vosso Nome, venha a nós o Vosso reino, seja feita a Vossa vontade, assim na terra como no Céu. O pão nosso de cada dia nos dai hoje; perdoai-nos as nossas ofensas, assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido, e não nos deixeis cair em tentação, mas livrai-nos do mal. Amém.

JESUS

sexta-feira, 12 de abril de 2013


Estou Bem
 

Não andava me sentindo bem de saúde e, de contínuo, tinha fortes dores de cabeça, sendo
isto motivo de constantes preocupações de minha parte.

 
Numa tarde, encontrei-me fortuitamente com o Chico no bar da galeria do edifício Rio Negro,
onde o generoso amigo me convidou para acompanhá-lo num chá quente.
 
Pensando no meu estado de saúde, perguntei pelo dele:
 
- Como é que você está de saúde, Chico?
- Estou bem ! - respondeu-me. Apesar dos vinte e dois comprimidos diários que tomo, vou bem
de saúde ! ... Se eu ficar falando que estou doente, que não estou bem, começam a dizer por
aí: "O Chico está doente", "Ele não está bom", "Está com tal ou qual enfermidade",... Vão
dizendo assim e, se a gente acreditar, acaba adquirindo a doença !
 
Depois de uma golada de seu chá quentíssimo, disse-me, reconhecido:
 
- Graças a Deus, estou muito bem, Cezar. Vamos falar que nós estamos  sempre bem...
 
Agradecido, por minha vez, despedi-me dele e retirei-me pensando no poder das vibrações
positivas em favor de nossa saúde.
 
  
(Obra: Encontros com Chico Xavier - De: Cezar Carneiro de Souza)

quinta-feira, 11 de abril de 2013

Fora da caridade não há salvação

10. Meus filhos, na máxima: Fora da caridade não há salvação, estão encerrados os destinos dos homens, na Terra e no céu; na Terra, porque à sombra desse estandarte eles viverão em paz; no céu, porque os que a houverem praticado acharão graças diante do Senhor. Essa divisa é o facho celeste, a luminosa coluna que guia o homem no deserto da vida, encaminhando-o para a Terra da Promissão. Ela brilha no céu, como auréola santa, na fronte dos eleitos, e, na Terra, se acha gravada no coração daqueles a quem Jesus dirá: Passai à direita, benditos de meu Pai. Reconhecê-los-eis pelo perfume de caridade que espalham em torno de si Nada exprime com mais exatidão o pensamento de Jesus, nada resume tão bem os deveres do homem, como essa máxima de ordem divina. Não poderia o Espiritismo provar melhor a sua origem, do que apresentando-a como regra, por isso que é um reflexo do mais puro Cristianismo. Levando-a por guia, nunca o homem se transviará. Dedicai-vos, assim, meus amigos, a perscrutar-lhe o sentido profundo e as conseqüências, a descobrir-lhe, por vós mesmos, todas as aplicações. Submetei todas as vossas ações ao governo da caridade e a consciência vos responderá. Não só ela evitará que pratiqueis o mal, como também fará que pratiqueis o bem, porquanto uma virtude negativa não basta: é necessária uma virtude ativa. Para fazer-se o bem, mister sempre se torna a ação da vontade; para se não praticar o mal, basta as mais das vezes a inércia e a despreocupação.

Meus amigos, agradecei a Deus o haver permitido que pudésseis gozar a luz do Espiritismo. Não é que somente os que a possuem hajam de ser salvos; é que, ajudando-vos a compreender os ensinos do Cristo, ela vos faz melhores cristãos. Esforçai-vos, pois, para que os vossos irmãos, observando-vos, sejam induzidos a reconhecer que verdadeiro espírita e verdadeiro cristão são uma só e a mesma coisa, dado que todos quantos praticam a caridade são discípulos de Jesus, sem embargo da seita a que pertençam. Paulo, o apóstolo. (Paris, 1860.).

(O Evangelho Segundo o Espiritismo - Capítulo XV)


******

Mesmo que eu tivesse o dom da profecia, e conhecesse todos os mistérios e toda a ciência; mesmo que tivesse toda a fé, a ponto de transportar montanhas, se não tiver caridade, não sou nada.

(Bíblia Sagrada - 1Coríntios13:2)
 

******

AVE MARIA

Ave Maria cheia de graça, o Senhor é convosco, bendita sois vós entre as mulheres e bendito é o fruto do vosso ventre Jesus.
Santa Maria, Mãe de Jesus, rogai por nós, pecadores, agora e na hora de nossa morte. Amém.


******

PAI NOSSO
Pai nosso que estais no Céu, santificado seja o Vosso Nome, venha a nós o Vosso reino, seja feita a Vossa vontade, assim na terra como no Céu. O pão nosso de cada dia nos dai hoje; perdoai-nos as nossas ofensas, assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido, e não nos deixeis cair em tentação, mas livrai-nos do mal. Amém.

JESUS

quarta-feira, 10 de abril de 2013


Todos São Importantes

Somos iguais perante a seara, porque somos todos iguais perante o Senhor da Seara. Deus não faz acepção de pessoas, nem de posições e muito menos de instituições. O item 5 do capítulo XX de O Evangelho Segundo o Espiritismo estabelece esta condição essencial: “Felizes os que tiverem trabalhado o campo do Senhor com desinteresse e movidos apenas pela caridade”. Emmanuel conclui a sua mensagem lembrando “que toda pessoa é importante na edificação do Reino de Deus”.
Querer que não haja discordâncias entre os que trabalham na divulgação e na sustentação da Doutrina seria acalentar quimeras. Cada consciência humana, como ensina Hubert, é um ponto na correnteza da duração. Cada um de nós está colocado num ângulo determinado do eterno fluir da realidade. Cada qual, portanto, tem a sua maneira própria de ver as coisas.
O Espiritismo nos ensina que nos completamos uns aos outros pelas nossas diferenças. Mas se diferimos nos acessórios, concordamos sempre no essencial. Por isso mesmo a caridade – que é o amor em ação – deve eliminar as arestas do nosso personalismo, ensinando-nos que todos somos importantes na busca e na conquista da verdade.
Claro que não devemos concordar com tudo e tudo aprovar em silêncio, pois a tolerância de acomodação equivale a cumplicidade com o erro. A crítica maldosa e orgulhosa, que condena tudo o que é feito pelos outros, é a negação da caridade. Mas ai de nós se suprimirmos a crítica do meio espírita! Porque é ela, quando sensata e sincera, a prática da vigilância que Jesus ensinou e Paulo exemplificou. Como utilizar o “crivo da razão”, de que nos fala Kardec, se abdicarmos do direito de pensar, que mais do que um direito é um supremo dever do espírito?
Quando Emmanuel diz: “Guiar-se pela misericórdia e não pela crítica” está se referindo à crítica negativa que nasce do orgulho e não à crítica positiva que brota espontânea e necessária do julgamento imparcial e fraterno, objetivando corrigir e portanto ajudar. O lema “valorizar o esforço alheio” não implica a valorização dos erros e dos enganos do próximo, mas o reconhecimento dos esforços feitos por todos a favor da causa comum. Todos precisamos de misericórdia, mas a misericórdia, como Deus nos mostra em sua lei de ação e reação, não é a aprovação de erros e ilusões – e sim a correção e o esclarecimento.

(Obra: Astronautas do Além - Chico Xavier / J. Herculano Pires)


******

Ainda assim temos um privilégio: Tanto quanto sucede aos carteiros do mundo que te buscam o endereço entregando-te notícias de bênção e esperança, também nós, os viajores de outras estradas, alcançamos a porta de teu coração para dizer-te em palavras de paz que Deus é amor e luz em tudo quanto existe, que a morte é vida nova, que a justiça nos rege, que a dor nos aprimora, que o trabalho nos guia para além de nós mesmos e que a alegria imperecível a todos nos espera, no infinito do Tempo e nas forças do Espaço, para sermos, um dia, na suprema união, plenamente imortais, ante o esplendor sem sombra da grandeza de Deus.

(Obra: Astronautas do Além - Chico Xavier / Emmanuel)
 

******

AVE MARIA
Ave Maria cheia de graça, o Senhor é convosco, bendita sois vós entre as mulheres e bendito é o fruto do vosso ventre Jesus.
Santa Maria, Mãe de Jesus, rogai por nós, pecadores, agora e na hora de nossa morte. Amém.

******

PAI NOSSO
Pai nosso que estais no Céu, santificado seja o Vosso Nome, venha a nós o Vosso reino, seja feita a Vossa vontade, assim na terra como no Céu. O pão nosso de cada dia nos dai hoje; perdoai-nos as nossas ofensas, assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido, e não nos deixeis cair em tentação, mas livrai-nos do mal. Amém.

JESUS

terça-feira, 9 de abril de 2013


O Valor do Tempo

A palavra de Jesus é sempre certa. Não há como fugir dela. Em todos os lugares,
resplandece o seu verbo infinito de bondade e amor.  A compreensão destas
verdades faz o homem se preocupar com seu amanhã com outros olhos. Porque
fazer isto e não aquilo passam a ser decisões sábias no dia-a-dia.  A consciência
desperta começa a dar os seus primeiros passos. Esta inquietude é positiva, pois,
ao pensar muitas vezes no que vai fazer, o homem reflete sobre a vida e sobre si
mesmo.
O depósito que Deus colocou nas nossas mãos é precioso. Não devemos dispensar
as nossas atenções com coisas fúteis. O nosso tempo é precioso para ser aplicado
de maneira estéril, portanto, muito cuidado com o que faz. A certeza que teremos
sempre um amanhã faz-nos, muitas vezes, adiar um compromisso que poderia ser
executado hoje, adiando hoje o que deve ser feito neste momento,  estaremos
adiando a nossa própria vida.  É um descarrego de nossas atenções a ser
devidamente cuidado.
A perspectiva da nossa vida na Terra é muito pequena. Quando abrirmos os olhos
para perceber o que fizemos efetivamente com ela,  veremos que boa parte dela
já se foi, por isso é que é muito importante a vigilância.  "Vigiar e orar", ensinava o
Nosso Senhor Jesus Cristo exaustivamente para não desperdiçar o valoroso tempo
que Ele nos concedeu. Ah! Se tivéssemos consciência do valor do tempo, teríamos
certamente outro comportamento nas nossas vidas, enquanto houver amanhã...
A responsabilidade que assumimos perante Deus antes de voltar a Terra é enorme.

(Obra: Novas Utopias - Medium Carlos Pereira/Espírito Dom Helder Camara)


******

Meus queridos irmãos, Jesus, o nosso irmão maior, soube aproveitar muitíssimo bem
o tempo que desempenhou na Terra. É bem verdade que ele somente iniciou a sua
jornada na Terra a partir dos trinta anos, mas os três anos que utilizou valeu por uma
vida inteira. Havia lá as suas razões para isto, mas Ele fez do tempo um aliado para
as suas realizações. Planejou eficazmente todos os seus passos. Até a hora derradeira,
a hora do sacrifício para os homens, ele previu tudo, pois havia um sentindo.
E Ele cumpriu.

(Obra: Novas Utopias - Medium Carlos Pereira/Espírito Dom Helder Camara)


******

AVE MARIA
Ave Maria cheia de graça, o Senhor é convosco, bendita sois vós entre as mulheres e bendito é o fruto do vosso ventre Jesus.
Santa Maria, Mãe de Jesus, rogai por nós, pecadores, agora e na hora de nossa morte. Amém.

******

PAI NOSSO
Pai nosso que estais no Céu, santificado seja o Vosso Nome, venha a nós o Vosso reino, seja feita a Vossa vontade, assim na terra como no Céu. O pão nosso de cada dia nos dai hoje; perdoai-nos as nossas ofensas, assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido, e não nos deixeis cair em tentação, mas livrai-nos do mal. Amém.

JESUS

segunda-feira, 8 de abril de 2013



Fala-se muito a respeito do aborto, mas eu penso em minha mãe, que me esperou em uma gravidez repleta de doenças, como aconteceu em meu nascimento. Se ela estivesse decidida a me expulsar do seu próprio seio através do aborto, eu não sei o que seria de mim.

Chico Xavier

Ao ler este relato de Chico Xavier, fiquei a pensar no que seria de nós se sua mãe tivesse se decidido pelo aborto.
Não conheceríamos o maior médium de todos os tempos. Não teríamos tido contato com um dos seres mais evangelizados que já pisou no planeta Terra depois de Jesus. Não teríamos acesso a centenas de revelações espirituais que suas mais de quatrocentas obras têm apresentado. Não seríamos tocados por gestos de amor que brotaram de seu formoso coração. A minha e a vida de milhares de pessoas não seriam as mesmas.
Louvemos D. Maria João de Deus, mãe de Chico Xavier, que enfrentando inúmeras dificuldades orgânicas e financeiras, confiou na providência divina e levou a gestação até o fim, em uma época em que os recursos médicos, praticamente, inexistiam no desconhecido vilarejo de Pedro Leopoldo, interior de Minas Gerais.
Chico contou que, ainda pequeno, sua mãe lhe ensinara uma canção para os momentos de dificuldades: Eu vivo contente feliz a cantar, em paz e alegria é o meu caminhar, não tenho problemas não tenho aflições, pois tenho Jesus no meu coração.
A letra simples é um hino de esperança, alegria e otimismo. Por certo, D. Maria a cantou quando estava grávida de Chico. Quem dera todas as mãezinhas inclinadas ao aborto, não terapêutico, pudesse também cantá-la para que o mundo recebesse outros tantos Chicos...

(Do livro “Minutos com Chico Xavier”, de José Carlos De Lucca).

Querer, Saber, Amar !

Todo o poder da Alma resume-se em três palavras: - Querer, Saber, Amar !

Querer, isto é, fazer convergir toda a atividade, toda a energia, para o alvo
que se tem de atingir, desenvolver a vontade e aprender a dirigi-la.

Saber, porque sem o estudo profundo, sem o conhecimento das coisas e das
leis, o pensamento e a vontade podem transviar-se no meio das forças que
procuram conquistar e dos elementos a que aspiram governar.

Acima, porém, de tudo, é preciso amar, porque, sem o amor, a vontade e a
ciência seriam incompletas  e muitas vezes estéreis.  O Amor ilumina-as
fecunda-as, centuplica-lhes os recursos.  Não se trata aqui do amor  que
contempla sem agir, mas do que se aplica a espalhar o bem e a verdade pelo
mundo. A vida terrestre é um conflito entre as forças do mal e as do bem.  O
dever de toda alma viril é tomar parte no combate, trazer-lhe todos os seus
impulsos, todos os seus meios de ação, lutar pelos outros, por todos aqueles
que se agitam ainda na via escura.
O uso mais nobre que se pode fazer das faculdades é trabalhar por engrandecer,
desenvolver, no sentindo belo e do bem.
Vivaz no dia em que a Humanidade tiver aprendido a comungar, pelo pensamento
e pelo coração, com o foco de amor, que é o esplendor de Deus.

(Na Obra: Ser, Destino, Dor - Léon Denis)


******

O amor depura a inteligência, põe à larga o coração e é pela soma de amor
acumulada em nós que podemos avaliar o caminho que temos andado para Deus.

(Na Obra: Ser, Destino, Dor - Léon Denis)


******

AVE MARIA
Ave Maria cheia de graça, o Senhor é convosco, bendita sois vós entre as mulheres e bendito é o fruto do vosso ventre Jesus.
Santa Maria, Mãe de Jesus, rogai por nós, pecadores, agora e na hora de nossa morte. Amém.

******

PAI NOSSO
Pai nosso que estais no Céu, santificado seja o Vosso Nome, venha a nós o Vosso reino, seja feita a Vossa vontade, assim na terra como no Céu. O pão nosso de cada dia nos dai hoje; perdoai-nos as nossas ofensas, assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido, e não nos deixeis cair em tentação, mas livrai-nos do mal. Amém.

JESUS

sexta-feira, 5 de abril de 2013


AMANHÃ

"Respondeu-lhes Jesus: Ainda por um pouco a luz está convosco. Andai enquanto
 tendes a luz, para que as trevas não vos apanhem..." - João, cap. 12 - v. 35

Não devemos deixar para amanhã o que nos compete fazer hoje.
Amanhã, talvez, sejam outras as circunstâncias e as dificuldades que enfrentaremos
no cumprimento do dever...
Com certeza, a oportunidade que se descortina à possibilidade de servir não mais
será a mesma...
Possivelmente, não disponhamos, inclusive, da saúde que agora nos favorece a ação...
Da presença de amigos que, presentemente, se dispõem a nos secundar os esforços
e colaborar conosco...
Da inspiração do Mais Alto com a qual logramos entrar em sintonia...
Enfim, de todos os elementos favoráveis reunidos, para que venhamos a concretizar
projetos ardorosamente acalentados !
Se não nos valemos da luz do Sol para o que só pode ser realizado à claridade do dia,
que faremos quando a noite cair e nos deixar imersos na escuridão ?
O momento que passa, dentre todos os que tivemos ou venhamos a ter, sem dúvida,
é o mais apropriado para darmos início a uma nova caminhada, fazendo com que a
nossa Vida mude de rumo.
Não nos esqueçamos do que nos fala Jesus: "Ainda por um pouco a luz está convosco"...
Quer dizer: não temos, à nossa disposição, todo o tempo que imaginamos, para que
possamos continuar, indefinidamente, adiando decisões.
É chegada a hora de darmos um basta ao ludíbrio a que temos submetido a própria
consciência, prometendo o que não cumprimos.

(Obra: Saúde Mental À Luz do Evangelho - Carlos A. Baccelli/Inácio Ferreira)


******

Quem se recusa a empreendimentos novos permanece na estagnação do já conquistado.
Sê tu quem avança, confiante e responsável, aprendendo mais e produzindo melhor.
O Espírito é um conquistador do infinito. Não te bastem as realizações conseguidas,
segue além e seguir Jesus por todo o sempre.
Toma Jesus por modelo e apoia-te nEle, seguindo a trilha que te deixou, convidando-te
para alcançar o reino de Deus.

(Obra: Nascente de Bençãos - Divaldo Franco/Joanna de Ângelis)


******

AVE MARIA
Ave Maria cheia de graça, o Senhor é convosco, bendita sois vós entre as mulheres e bendito é o fruto do vosso ventre Jesus.
Santa Maria, Mãe de Jesus, rogai por nós, pecadores, agora e na hora de nossa morte. Amém.

******

PAI NOSSO
Pai nosso que estais no Céu, santificado seja o Vosso Nome, venha a nós o Vosso reino, seja feita a Vossa vontade, assim na terra como no Céu. O pão nosso de cada dia nos dai hoje; perdoai-nos as nossas ofensas, assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido, e não nos deixeis cair em tentação, mas livrai-nos do mal. Amém.

JESUS